Menu em imagem

Image Map

21 março 2018

{Etc e tal...} ~ A origem das expressões populares brasileiras ~

Hey,  pipows!
Tudo bem por aí?

Quem nunca usou uma daquelas expressões bem populares para expressar alguma coisa?
Não precisa vir com sete pedras nas mãos, pois eu tenho certeza de que você já usou, sim! Sou capaz de botar minha mão no fogo por isso!!!

Essas e tantas outras expressões nos acompanham por anos e anos e já fazem parte do nosso vocabulário, não é mesmo? Mas de onde vieram? O que significam? Hoje, no Pausa Para Pitacos.


Brasileiro é um povo cheio de criatividade, isso é um fato irrefutável, mas ainda assim, algumas (muitas) das expressões que veremos aqui hoje não são tão tupiniquins assim. Essas expressões que parecem ter vindo do tempo da vovó, na verdade, podem ser ainda mais antigas. Podem ter séculos e séculos de idade! Algumas são vindas da Idade Média, outras, da época colonial... bem, chega de blá-blá-bla. Vamos ao que interessa!

Pagar o pato

Significado: Sofrer as consequências por algo que não se fez, ser enganado, tapeado.
Exemplo: Meu irmão quebrou o copo, mas fui em quem pagou o pato.

Giovanni Bracciolini (1380-1459) "conta num conto" que, certa vez, um camponês vendeu um pato para uma mulher. O preço: sexo. Ele acaba gostando do tal pagamento, e insaciável, pede mais. A mulher se recusa, diz que o preço já foi pago, mas o cara continua insistindo. Eis que chega o marido da moça, e ele já vai logo perguntando o que está acontecendo. Para se safar, o camponês fala que faltam 2 vinténs para completar o pagamento pelo animal. O esposo, para não ficar sem o seu jantar, acaba dando o dinheiro ao homem. O corno literalmente paga o pato.


Bicho de sete cabeças

Significado: Um problema sério, difícil de ser resolvido.
Exemplo: Para mim, matemática é um bicho de sete cabeças.

Essa expressão vem da mitologia grega, uma paradinha que eu adoro! A história que deu nome à expressão é sobre os 12 trabalhos de Hércules, o semi-deus filho de Zeus. Um desses trabalhos era matar a Hidra, uma serpente de 7 cabeças que ficava em Lerma, um pântano da Grécia. O bicho já é assustador por si só, e para deixar tudo ainda pior, cada vez que uma cabeça dela era cortada, duas - eu disse DUAS! - apareciam no lugar! #socorro



Fazer uma vaquinha

Significado: Unir-se para arrecadar dinheiro.
Exemplo: Vamos fazer uma vaquinha para o churrasco de domingo?

Na década de 20, a torcida do time carioca Vasco da Gama bolou um novo jeito de incentivar os jogadores: caso o time vencesse, os atletas levavam 10 mil rés ou "um coelho" (animal correspondente no jogo do bicho), coletados entre os torcedores. No caso de uma vitória importante, o prêmio era de 25 mil réis, "uma vaca". 


Tirar o cavalo da chuva

Significado: Uma ordem para desistir de algo, esquecer.
Exemplo: Pode ir tirando seu cavalinho da chuva se acha que eu vou te emprestar meu livro!

Essa vem lá dos tempos em que os cavalos eram os principais meios de transporte. Se o cavaleiro ia fazer uma visita e não tinha a intenção de demorar, então ele deixava o bichinho na porta de casa, desprotegido, exposto ao tempo. Mas às vezes o papo estava bom e o anfitrião acabava convidando o cavaleiro para ficar um pouco mais, e aí ele falava para o amigo "tirar o cavalo da chuva", ou seja, "pode desistir da ideia de ir embora".


Bode expiatório

Significado: Aquele que leva a culpa por outra pessoa tendo consciência ou não. 
Exemplo: Pedro usou Lucas como bode expiatório no roubo das laranjas. 

Essa expressão veio de um ritual de tradição judaica, o Yom Kipur (Dia da Expiação). Durante ele, acreditava-se que uma boa forma de se livrar dos pecados era depositá-los simbolicamente em um bode, que depois era abandonado à própria sorte para morrer no deserto. Assim, os pecadores estariam livres.

Que maldade!!! 😠


A cobra vai fumar

Significado: Algo importante vai acontecer, geralmente, algo ruim.
Exemplo: Maria Rita pegou seu esposo com outra, por isso, hoje a cobra vai fumar!

A FEB (Força Expedicionária Brasileira), que lutou na 2ª Guerra Mundial, tinha um símbolo inusitado: uma cobra verde fumando um cachimbo. O desenho foi uma resposta à provocação de um jornalista do Rio de Janeiro, que disse que era mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra. 
Bem, o Brasil entrou e teve um papel importante, por isso, a expressão acabou tomando força na época. 


Espírito de porco

Significado: Alguém malicioso; que atrapalha; que tem ideias de mau gosto. 
Exemplo: Tem que ter muito espírito de porco para fazer tamanha maldade!

Essa expressão se deve ao fato de que os porcos têm a fama de serem impuros e demoníacos, e essa fama vem desde os livros do Antigo Testamento. Para completar, no Evangelho de São Marcos, no Novo Testamento, Jesus permitiu que espíritos ruins que possuíram humanos fossem transferidos para uma vara de porcos. 


Segurar vela 

Significado: Acompanhar sozinho um casal.
Exemplo: Fui ao shopping com a Maria e com o João e fiquei segurando vela. Foi horrível!

Conta-se que na Idade Média existiam empregados cuja função era segurar velas para que os trabalhadores mais experientes pudessem desempenhar suas tarefas em ambientes escuros. Reza a lenda que isso se aplicava também na hora do sexo dos patrões, e que o empregado em questão era obrigado a ficar de costas para não ver o que estava acontecendo. 


A sete chaves

Significado: Algo bem guardado.
Exemplo: Amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves. (A frase mais conhecida, ever, hihi)

As arcas de madeira usadas para guardar documentos eram de extrema importância, e sua chave era confiada a quatro pessoas. Cada pessoa ficava com uma chave, e essa arca só podia ser aberta na presença dessas quatro pessoas, que podiam ser desde funcionários até alguém de confiança do rei. Com o tempo, o número mudou para sete, devido a conotação mística do número. 
Essa história é bem velhinha. Vem lá do século XIII.


Não posso perder a piada, né?
Esse post tá ficando sério demais... hahahha

Meia-tigela

Significado: Insignificante; incapaz de cumprir alguma tarefa.
Exemplo: Romeu era um ladrãozinho de meia tigela, não conseguia carregar aquilo que furtava.

Lá na época na monarquia portuguesa, os empregados ganhavam a refeição do dia de acordo com o serviço que prestaram. Quem era importante e bom de serviço, levava a tigela de comida inteira, cheia. Aquele que não executava as tarefas direitinho ou que não tinham importância frente à corte, recebiam somente meia-tigela de comida.

Pesado, hein?


Puxa saco

Significado: Bajulador.
Exemplo: José das Couves vive puxando o saco da chefe com o intuito de conseguir um aumento ou uma promoção. #RealOficial

Essa veio do meio militar. Os oficiais que, durante as viagens, carregavam os sacos de roupas dos seus superiores, acabaram recebendo o apelido carinhoso #SQN. Com o passar do tempo, a expressão vazou, por assim dizer, e começou a ser usada em tudo quanto é canto, e passou a significar também que puxa saco é aquele que faz tudo para agradar alguém em que se tinha algum tipo de interesse.



Santo do pau oco

Significado: Pessoa falsa.
Exemplo: João Pedro tem dito por aí que é um menino bonzinho, mas ele não passa de um santinho do pau oco, pois apronta todas por onde vai.

No Brasil, lá pelos séculos XVIII e XIX, a população, para enganar a Coroa Portuguesa, que vinha cobrando impostos cada vez mais absurdos, contrabandeava suas riquezas dentro de imagens de santos feitos de madeira. Eles eram ocos, o que permitia que várias e várias coisas de valor fossem depositadas dentro deles.


Pão-duro

Significado: Pessoa avarenta, que não gosta de gastar. Sovina.
Exemplo: O Geraldo é tão pão-duro! Ele deu apenas R$10,00 para a vaquinha do churrasco desse fim de semana!

Essa história é bem interessante. A expressão veio de uma peça teatral, escrita por Amaral Gurgel. Ela foi baseada em um mendigo que, supostamente, viveu no Rio de Janeiro no início do século XX. Segundo contam, ele abordava as pessoas pedindo qualquer coisa, nem que fosse "um pão duro". Até aí tudo bem... mas, quando ele morreu, descobriu-se que ele estava com o burro na sombra!!! Ele tinha posses, uma quantia respeitável em dinheiro, contas em bancos e vários imóveis!


Casa da mãe Joana

Significado: Lugar bagunçado onde se faz o que quer.
Exemplo: Você acha que pode entrar e sair quando quiser? Isso aqui não é a casa da mãe Joana, não!

Surgiu lá no século XIV. Segundo historiadores, quando a rainha de Nápoles, Joana I, precisou se refugiar na França para fugir da invasão, ela chegou chegando, se achando a dona do pedaço, e como se tivesse poder para tanto, ela regulamentou os bordéis da cidade. A medida fez com que esses lugares ficassem conhecidos como "paço da mãe Joana" - "mãe" tem o sentido de "dona da cidade". No Brasil, "paço" foi substituído por "casa".


Botar a mão no fogo

Significado: Confiar totalmente, cegamente.
Exemplo: Não foi o André quem comeu o pudim. Eu boto a minha mão no fogo por ele! (E claramente me ferrei, pois o André come tudo que vê pela frente!) 😂😂😂😂

Essa me fez rir, pois é danada de absurda. Então. Dizem que na Idade Média, uma das formas de testar a inocência de uma pessoa era fazê-la segurar uma barra de ferro em brasa ou algo do gênero. Se não acontecesse nada, ele estaria livre, seria considerado inocente. Vê se pode???


Marmelada

Significa: Armação.
Exemplo: Ah, a Bia tirou a Fabi no amigo oculto... e a Fabi tirou a Bia? Isso é marmelada!!!

Uma forma de fazer o doce de marmelo render mais é misturar chuchu a ele, já que o carinha num tem gosto de nada (eu discordo, mas vamos lá). Então. Colocando chuchu no meio do doce, ele rende mais, parece ser maior, e no fim das contas, ninguém percebe o sabor do vegetal ali. Como isso não deixa de ser uma forma de enganar os clientes, "marmelada" virou expressão que indica algo fajuto.

 

E aí, já conheciam os significados de algumas dessas expressões? Gostariam de mais um post falando mais sobre o assunto? Tem mais um monte anotadinha aqui, caso queiram conhecer, rs!

Por hoje eu vou ficando por aqui, seus lindos!
Acabei de começar a ler "Orgulho e preconceito", de Jane Austen, e já não vejo a hora de voltar para o livro, hahahah!

Um super beijo para vocês, e um abraço bem quentinho!

16 comentários:

  1. Olha eu aqui!!! hahaha
    Adorei o post Fabi, conhecia a origem de "bicho de 7 cabeças" e "santo do pau oco". "Casa da mãe Joana" eu sabia que tinha alguma relação com bordel, mas não tinha ideia da origem real.
    Estou cheia de cultura agora ♥
    Beijos sua linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que delícia te ver aqui comentando! <3
      Que bom que gostou! Hihiihi
      PPP também é cultura, oras bolas! shIUAhuisHAs

      Beijocas

      Excluir
  2. ÓTIMA postagem!!! A gente usa essas expressões e nem se dá conta de sua origem.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, né?
      A gente tem a mania de sair falando o que escuta, mas nem se dá conta do significado, de onde vem... por isso que acho genial esse tipo de informação. Fico feliz por vc ter gostado!

      Beijocas

      Excluir
  3. Cada dia que venho ao blog eu me surpreendo mais!rs
    Como chegar num post assim e não dar gargalhada em cima de gargalhada(Tira o cavalo da chuva que vou emprestar meu livro) e ao mesmo tempo, ficar de queixo com o significado da maioria das expressões que todos nós usamos diariamente sem saber de nadinha, nadinha de onde vieram.
    Eu mesma não sabia de nada e estou aqui meio boba com tudo que li!
    Algumas(a maioria) tem realmente fundo histórico, como parte do nosso tesouro e eu que achava que tudo isso era a criatividade do brasileiro(depois que vi um ovo de Páscoa de coxinha ontem, desisti da humanidade).
    Adorei!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. kkk adorei o post!
    Vivo flando esses ditados, minha avó então!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabiola.
    Adorei o post. Foi bem interessante saber a origem das expressões. Já sabia a orogem da expressão do "santo do pau oco", mas as outras eu não sabia. Algumas explicações são bem estranhas e doidas rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabi eu conheço todas essas expressões, nada que me foge ao uso. kkkkkkkkk, mas também sei algumas que você não deve conhecer como é o caso de:
    - fazer pantim (criar confusão)
    - menino Maluvido (menino que não ouve que não obedece)
    acho que essas são aqui do Ceará mesmo!

    ResponderExcluir
  7. Essas expressões são tão usadas no nosso dia a dia, porém não sabia de onde elas vinham, achei muito interessante como surgiram, algumas não tem nada a ver com o que imaginamos...kkk

    ResponderExcluir
  8. Amei essa postagem e nunca tinha pensado sobre como e onde surgiram todas essas expressões que eu tanto uso, o que mais achei engraçado foi realmente o "pagar o pato" kkkk que dó desse marido... kkkk

    Parabéns pela postagem!
    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. acho muito legal você trazer esses tipos de postagem para nós, é muito interessante, eu não sabia da origem dessas expressões, mas gostei muito de conhecer !!! Menina to amando esse blog, parabéns pelo conteudo !!

    ResponderExcluir
  10. Oi Fabi,
    Já conhecia todas essas expressões, mas não fazia ideia da origem e muito menos que algumas são tão antigas assim.
    Eita, começou bem o post com “pagar o pato”, ri sozinha aqui de onde surgiu essa expressão haha
    Nossa! Fiquei passado com “A cobra vai fumar”, como assim eu não sabia disso?
    A origem de “Botar a mão no fogo” é inacreditável haha
    Pode fazer mais um post desse haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Fabi, tudo bem?
    Que post maravilhoso haha
    Desde pequena escuto todas kkk, mas não sabia de suas origens, estou em choque com algumas, e rindo com outras kkk
    Quero parte dois o quanto antes, amo esses conteúdos diferenciados do PPP <3
    Beijos!
    http://lostwordsin.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Que post mais engraçado, confesso que não conhecia algumas dessas expressões mas gostei de saber o porque delas hahaha

    ResponderExcluir
  13. Acho que só não conhecia a expressão alma de porco mas achei bem interessante saber como eles surgiram que era sempre uma dúvida minha porque nunca entendia a sugestão da ideia de fazer uma vaquinha apesar de saber o significado não sabia da origem

    ResponderExcluir
  14. Oi, Fabiola!
    Eu amei as origens das expressões, não sabia como surgiu nenhuma delas mas achei bem interessante, principalmente a "A cobra vai fumar".
    Muito triste essa de "Meia-tigela"...
    Absurda mesmo a origem de "Botar a mão no fogo", é surreal!
    Enfim, amei o post - morri de rir com os exemplos - e gostaria sim de mais post sobre o assunto.
    Bjos!

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo