Menu em imagem

Image Map

27 maio 2016

{Etc e tal...} ~ Filme VS Livro - Se eu ficar ~

Oie pipow!
Como estão?

Eu ainda estou toda trabalhada no inchaço e nas dores faciais... mas resolvi dar um pulinho aqui pra bater papo com vocês!

Eu dei algumas dicas de filmes para vocês no último post, pois o feriado e o friozinho estão propícios para uma sessão de cinema em casa. Eu estou me esbaldando aqui! Como não estou conseguindo ler por causa das dores, tô vendo um filme atrás do outro e terei muito assunto pra conversar com vocês, rs. Mas hoje eu vim pra falar de um filme que eu acabei de ver.

Recentemente eu li e resenhei o livro Se eu ficar, da autora Gayle Forman, e conforme contei na resenha, eu o achei meio fraco. Muitos de vocês me disseram que o filme era melhor, por isso resolvi assisti-lo e tirar minhas conclusões.

Eu também achei o filme melhor. Diferente, né?
Normalmente as adaptações feitas a partir de livros nos decepcionam de alguma forma, mas nesse caso foi o contrário.

Obviamente temos algumas mudanças aqui e acolá, mas ainda assim o filme foi bem fiel à trama original.

Não sei se o fato de visualizar os fatos que são tão sofridos foi o que me emocionou mesmo sabendo de tudo o que ia acontecer, mas emocionou. Confesso até que algumas lágrimas rolaram em determinadas passagens. Acredito que os "bônus" do filme (acontecimentos que não estavam no livro) também ajudaram bastante.

Gostei muito da forma como a família de Mia foi retratada. Senti falta da presença deles no livro, mesmo que em vários momentos ela contasse passagens em que eles eram os protagonistas, mas a música ficou mais evidente a todo momento no livro (o que não é ruim, entendam. Eu adorei isso!) o que não acontece no filme. Achei que tudo foi bem dividido. Só senti falta de mais momentos dela e de Kim, sua amiga. Achei que no filme Mia está mais determinada e madura do que no livro, principalmente em relação ao Adam. Ela toma as rédeas da situação mesmo quando não está em suas mãos resolver as questões que envolvem o seu relacionamento.

Adorei vê-la tocando! A entrega, o amor, a dedicação e, principalmente, a importância que a música tem em sua vida foram emocionantes. Amei todas as cenas em que ela toca, em especial a da fogueira. Ah! E os shows da banda do Adam também foram super bacanas! Ele também se entrega muito, e eu adorei sua voz.

















Assim como no livro, fiquei extremamente emocionada com as cenas em que seu irmãozinho Teddy dá o ar da graça, rs. Em especial uma delas que, obviamente, não posso contar.

Enfim. Já deu pra perceber que tive uma série de motivos pra ter gostado mais do filme do que do livro, mas o que mais me agradou foi o fato de que o filme me convenceu mais. Na resenha eu comentei que eu achei os motivos para que ela ficasse ou não um tanto quanto rasos, tendo em vista que caso ela ficasse, as coisas seriam absurdamente sofridas. Enquanto eu lia o livro, eu torci para que ela não ficasse. Mas o filme me deu motivos para torcer para que ela escolhesse ficar. E isso foi o que determinou a minha preferência pelo longa.

E você, qual prefere? Me conte nos comentários!
Me dê sua opinião e me conte seus motivos, principalmente!

Vou retomar a minha maratona cinematográfica e assim que puder eu volto pra conversasr mais com vocês, combinado?

Aproveitem bastante o feriadão!

Beijos!

46 comentários:

  1. Olá Fabíola tudo bem? Realmente o filme é melhor, porém o livro é tudo de bom também. Adorei a sua comparação entre o filme e o livro. Abraço.

    Marcas literárias

    leootaciano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciano! Estou bem, obrigada! E vc?
      Então, acho que no fim das contas, o filme e o livro se completam, sabe? Rs!
      Fiquei feliz com ambos, mas a adaptação feita nos cinemas me emocionou mais...

      Bem-vindo ao nosso blog! Espero vê-lo por aqui sempre.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá Fabíola tudo bem? Realmente o filme é melhor, porém o livro é tudo de bom também. Adorei a sua comparação entre o filme e o livro. Abraço.

    Marcas literárias

    leootaciano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Filme, mil vezes o filme hahahaha
    Eu fui assistir o filme no cinema, mega por acaso (uma amiga tava toda deprê por causa do namorado e a gente foi pro cinema só pra distrair mesmo e escolhemos esse) e gostei bastante dele. Descobri que existia o livro e achei q ele ia ser muito bom e tal, mas foi uma decepção enorme. Já te disse que achei o livro sem sal, a história é toda contada meio que por cima, não se aprofunda direito. Pra mim, o filme tem muito mais emoção (o que nunca tinha acontecido comigo antes, já vi filmes q foram tão bons quanto o livro, mas nunca melhor) e conseguiu dar quem "Q" a mais pro livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, mas logo que filme que escolheram pra curar a deprê da amiga, hein? Kkkkkkkkkkkkkkk
      Realmente o livro é bem diferente, viu. Acho que o filme e o livro meio que se completam. O livro fala mais da Mia. O filme, fala mais da família e afins. Mas, como eu falei, prefiro o filme, fato.
      sHIUAhsiuas
      E me lembre de não ir ao cinema com vc quando eu tiver na deprê, Crissie!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Beijos

      Excluir
    2. Em minha defesa, foi ela quem escolheu o filme kkkkk

      Excluir
  4. Que bom que você gostou do filme! Ele realmente é muito mais intenso. Os atores foram escolhidos a dedo, eles se entregam de corpo alma pela música, o Adam no rock, mas principalmente a Mia com seu violoncelo. Não posso falar muito, posso dar spoiler para alguém que ainda não assistiu. Mas é um filme muito lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Vc usou a palavra que falou na minha resenha - INTENSO. E ficou claro que eles foram escolhidos com carinho e esmero, pois eles brilharam! Amei!

      Beijos

      Excluir
  5. Fabi, eu estava mesmo esperando que você fizesse um post sobre isso *-*
    Eu, como já havia comentado na resenha do livro, gosto muito da escrita da Gayle, mas ainda não li essa duologia. E também não assistir ao filme, pois quero primeiro ler o livro.
    E que bom que você se sentiu tocada pelo filme, realmente é muito dificil alguém gostar mais da adaptação do que do livro, mas sempre existem exceções não é mesmo?
    Apesar de ainda não ter visto a adaptação, eu acho que a forma como foi trabalhado o enredo e até mesmo a atuação dos atores, foi o que fez a diferença e foi o que acabou te convencendo dos motivos da Mia ficar. Enfim, espero poder assistir e ler em breve e tirar as minhas próprias conclusões. Beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o trabalho feito na adaptação fez toda a diferença, Cris! Ele nos envolve mais, nos prende e emociona muito mais. Gostei bastante da narrativa da Gayle mesmo não tendo curtido o livro, tanto que pretendo ler outros livros da autora. Realmente é raro uma adaptação ser melhor do que o livro, são raríssimos os casos!
      Espero que tenha oportunidade de ler o livro e de assistir o filme em breve, assim podemos falar sobre ele com mais profundidade, que tal?

      Beijos

      Excluir
  6. Oiii Fabi

    Essa autora não consegue me chamar a atenção para nada sabia? Já vi tantas resenhas negativas dos livros dela que meio que desanimei de ler, sempre tenho a impressão d e que será uma leitura arrastada.
    Tenho curiosidade em conferir o filme, até porque eu amo a Chloe Moretz como atriz, acho ela uma das revelações desses ultimos anos e já vi bastante elogios à esta adaptação. Foi bom saber sua opinião, estou ainda mais segura que o filme sim pode terminar me agradando

    Beijinhos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme foi uma grande surpresa, Alice! Primeiro por ter me prendido, tendo em vista que não é um dos meus gêneros preferidos, e segundo por ter implicado tanta emoção em cada cena. Acredito que vc vá gostar sim! Eu não conhecia nada da autora e nem mesmo sabia algo sobre ela - aliás, sabia o que diziam por aí e, ao contrário de você, sempre vi todo mundo se derretendo por ela, rs - e acho que todo o falatório em torno dela que me afastou um pouco de suas obras.
      Tenho outros livros dela aqui pra ler, espero gostar!

      Beijos

      Excluir
  7. Como já comentei antes nunca li o livro, mas o filme eu já assisti. Ele é fofo, algumas partes me fazem suspirar e como tbm já disse antes continuo achando os motivos pra ela ficar rasos. Eu curti o filme de verdade, só que sei lá, ele não me emocionou tanto assim. Não cheguei a chorar nem nada, e olha que em relação a filmes sou uma manteiga derretida... Mas fico feliz que o filme tenha surpreendido vc Fabi. É sempre bom quando conseguimos encontrar uma adaptação de filme baseado em um livro que ao nosso ver supere o livro, significa que o roteirista conseguiu fazer oq muitos não conseguem 😉
    Continuo desejando melhoras e que sua cara de bolachinha volte ao normal hihi
    Bjs e bom fim de feriado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alleh, realmente ele me surpreendeu. E toda cena de livro, filme, revistinha em quadrinho e afins irá me emocionar se envolver irmão e pai, rs. Minha relação com o meu pai e meu irmão são intensas demais, então por mais chinfrim que seja a trama, essas passagens me emocionarão.
      Também continuo achando os motivos pra ela ficar rasos, mas são um bocadinho mais fundos do que os do livro. Talvez isso tenha me agradado por ter abrandado um pouco o meu coração, pois fiquei brava com os motivos dados no livro, rs.

      Obrigada pelos votos de melhora! A carinha voltou a ser aquela Trakinas de sempre, nada mais e nada menos! kkkkkkkkkk

      Beijos

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Oi Fabi.
    Eu só soube que o filme "Se eu ficar" era livro na porta do cinema, e eu gostei bastante do filme, porém nunca me interessei por ler o livro porque mesmo sem ler eu já esperava que não fosse tão bom quanto o filme, na verdade nenhum dos livros da Gayle me atraem não sei o motivo.

    Beijos!
    Luna Amil

    Canto da Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a Gayle aborda temas sempre muito complexos de forma rasa, talvez isso deixe o povo com o pé meio atrás.
      O filme é realmente muito lindo!

      Beijos

      Excluir
  10. oie Fabiiii!!
    Eu estou louca pelo livro, pena que não estou com tanta grana assim!!
    Pretendo comprar ele na minha próxima compra de livros!!
    Ansiosa para conhecer a Mia!!
    Quero ler o livro primeiro para depois ver o filme!!
    Beijos e melhoras miga!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste do livro, Kakau! E do filme tb!
      Não se esqueça de me contar tudo quando acabar de ler...

      Beijos

      Excluir
  11. Eu não assisti esse filme até hoje e nem sei quando vou ver, até mesmo pelo motivo de que ultimamente tudo que meu humor menos precisa é de um filme que me deixe na bad. Normalmente é realmente uma surpresa quando o filme nos agrada mais que o livro, já que quase sempre é exatamente o contrário e adaptações tendem a decepcionar. Não sei se vou chegar a ver esse filme algum dia, já que ele não me empolga, mas quem sabe?
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que realmente é preciso estar com o espírito de boas pra ver o filme e não ficar na bad, Karina! Rs.
      Assista muitas comédias enquanto seu humor não melhore, shIUAhsiuAHs

      Beijos

      Excluir
  12. Ah, sei lá. Acho que prefiro o livro... É sempre bom criar cenas com minha imaginação... Eu vi o filme também, e sim, confesso que teve partes do filme que realmente achei melhor que eu, com a doidissa que é minha cabeça, criar. Como a parte de Mia tocando com a alma na audição. Na parte da música de Adam. E adoreeeei as partes de Teddy <3 Na verdade, acho que o livro e o filme se completam. O filme se volta para todos ao redor de Mia, os conhecemos melhor. E o livro se volta para os pensamentos de Mia, coisas que queria saber oque ela estaria pensando durante tal cena do filme. A MELHOR cena pra mim é a da fogueira. Nessa cena nem tem como escolhar. A narrativa do livro e a cena do filme se completam demais. A melhor. Enfim, eu e minha tagarelice -.- Beijooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que eles se completam, Thaís. Mesmo tendo criado e visualizado as cenas em minha imaginação fértil, não consegui me envolver e nem me emocionar com o livro, e isso é realmente raro.
      A cena da fogueira foi linda demais, né? Que coisa singela.... adoro essa simplicidade das coisas.
      E eu adoro a sua tagarelice também! Hehehhe

      Beijos

      Excluir
  13. Não li ainda nem assistir o filme (motivos no comentário do post anterior). Mas estou impressionada em saber que vc gostou mais do filme do que do libro! Geralmente gostamos mais do livro, por causa da infidelidade dos diretores com o livro (caso Percy Jackson affs). Acho que devo me atualizar com filmes, sabia???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é, acho que esse é um dos raros casos em que o filme supera o livro. Acho que, fora esse, o que me lembro de ter gostado mais do filme do que do livro foi Como treinar seu dragão!
      sHAIshiuhas
      Se atualize! Vou te mandar uma série de dicas, rs!

      BEijos

      Excluir
  14. Oi, Fabi!
    Muitos me falaram que o filme realmente foi melhor que o livro nesses detalhes que você comentou.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  15. Adorei o filme e espero pela continuação.
    Boa semana.

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que vai ter? Espero que tenha, viu! Deve ser linda...

      Beijos

      Excluir
  16. Eu não li o livro, mas acabei vendo o filme, então não posso comparar.
    Eu gostei do filme, também rolaram algumas lágrimas, mas não sofri tanto. Não sei se vou ler o livro, eu achei o filme bom, mas não conseguiu me fazer ter mais vontade de ler o livro.
    Enfim, ótimo post, ainda não sei se vou ler o livro, talvez se eu encontra-lo com uma mega promoção eu o compre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ket, mesmo tendo gostado mais do filme do que do livro, indico o livro. É uma leitura bacana. Se tiver em promoção, dê uma chance a ele sim! Rs...

      Beijos

      Excluir
  17. Eu gostei do livro. E amei, amei ameeeeei esse filme. Passou toda emoção e muito mais. Como chorei vendo! O irmão dela, meu coração, aquelas cenas com o garotinho...
    Ficou muito bonito mesmo. Talvez até melhor que o livro pelo fato de passar mais a emoção, mostrar ela com a família de uma forma real e tocante. Deu pra entender o propósito da história ali e vale muito a pena assistir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me emocionei muito mais com o filme, Cris! Espero que tenha continuação!

      Beijos

      Excluir
    2. Queria que anunciassem, mas nem sinal.
      Tem que ter um segundo filme D=

      Excluir
  18. Minha experiência com essa história é baseada apenas no filme, muito emocionante,eu gostei bastante. Ainda pretendo ler o livro, mesmo sabendo que o filme é melhor e que pode ser que não agrade tanto, ainda tenho curiosidade pela leitura.

    Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que goste tanto de um quanto do outro, ou mais do livro, sei lá, vai de cada um, Claris! Tem muita gente comentando aqui que o livro é tão bom quanto... acho que vc vai ter que ler pra saber! shUIAhsiuahs

      Beijos

      Excluir
  19. aeeeeeee pelo menos não ficou perdido assim... um ponto pra se eu ficar hahahahahhahahah... eu gostei dos dois... mas como ja falei uma vez eu sempre arranjo defeito em filmes..... mas ta na hora de vc ler a continuação to ansiosa pra saber oq vc vai achar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VOu ler em breve, Aline!
      Descobri que os que vc me deu não são a continuação, mas vou comprar o outro assim que aparecer uma graninha! shIAhsiuahs

      Beijos

      Excluir
    2. ah poxa vida... que vacilo meu.... como que dei o negocio pela metade =(

      Excluir
  20. Ross!
    Menina! Parece q fui eh que escrevi esse post! RS! Só o fato de que no livro eu queria que ela ficasse também! Mas, sinceramente a cheio meio parado, E n ms emocionei a Pinto de chorar e tals. Mas, no filme eh chorei! E essa é uma daquelas essas vezes que o filme supera o livro!
    Adorei a postagem! Leia a continuação! Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VOu ler a continuação em breve, Fê! E espero que tenha continuação do filme tb! Rs..

      Beijos

      Excluir
  21. Oi Fabi,
    Como eu tinha falado o livro não me deu a mínima vontade de ler, então acabei nem vendo o filme também. Na verdade hoje eu quase vi, mas acabei vendo simplesmente acontece (eu amei). Até fiquei um pouco empolgada, já que é melhor do que o livro. Mas vou esperar eu estar no clima, sabe?! Assisto vários gêneros (menos terror, rs) mas tenho que estar no clima para cada um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o clima manda muito na hora de ver um filme! Quando estiver no clima de novo, assista! E espero que goste! Ele realmente é bem bacana!

      Beijos

      Excluir
  22. Nossa, gostou mais que o livro, isso é bem dificil acontecer hein!
    Eu acho essa atriz uma fofa, tem uma cara de ser tão boazinha haha
    Quero ver o filme e ler o livro (que por sinal, já está na minha estante).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raro demais, né Thuanne? E eu a achei linda e fofa tb! Dá vontade de apertar! sHAIshiuHAs
      LEia o livro e assista o filme em sequência, vc vai curtir!

      Beijos

      Excluir
  23. Oi Fabi! Não gosto. kkkk Que rabugenta né? Mas é um filme que eu não dou chances. Adorei sua análise, e realmente é mto difícil gostarmos mais do filme que dos livros. Acontece mto com as obras do tio Nichollas, sempre amo mais os filmes rsrs.
    Beeijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo