Menu em imagem

Image Map

26 dezembro 2017

{Resenha} ~ Desaparecido para sempre - Harlan Coben ~

Olás,  pipows!
Como estão?

Hoje eu vim pra falar de um livro que eu li há muuuuito tempo, mas que ainda está fresquinho em minha mente - acreditem ou não, para essas coisas eu tenho uma memória maravilhosa!

Vira e mexe eu falo de um dos meus carecas preferidos, Harlan Coben, mas como não leio nada do cara faz tempo, só temos duas resenhas dele aqui no blog - clique aqui para acessar a página de Resenhas por Autor -, e isso é um pecado, pois todos os seus livros (pelo menos os que li até agora) são fantásticos e merecem destaque, bem como o autor, que figura o topo da minha lista de favoritos. Como estou nostálgica esses dias (sempre que a Bia e eu começamos a preparar o Rebobina eu fico assim), resolvi vir falar de um dos meus livros preferidos do autor - e da vida -, Desaparecido para sempre.



Quando li: Não me lembro ao certo, mas acho que foi em 2014.
Título: Desaparecido para sempre
Autor(a): Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Avaliação: 
Onde comprar? Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino
Sinopse: No leito de morte, a mãe de Will Klein lhe faz uma revelação: seu irmão mais velho, Ken, desaparecido há 11 anos e acusado do assassinato de sua vizinha Julie Miller, estaria vivo. Embora a polícia o considere um fugitivo, a família sempre acreditou em sua inocência.
Ainda aturdido com essa descoberta, e tentando entender o que realmente aconteceu com seu irmão, Willl se depara com outro mistério: Sheila, seu grande amor, some de repente, e o FBI suspeita do envolvimento dela no assassinato de dois homens. Apesar de estarem juntos há quase um ano, Sheila nunca revelou muito sobre seu passado.
Enquanto isso, Philip McGuane e John Asselta, dois criminosos que foram amigos de infância de Ken, passam inexplicavelmente a rondar a casa de Will.
Para descobrir a verdade por trás desses acontecimentos, ele conta apenas com a ajuda de Squares - seu colega de trabalho em uma fundação de assistência a jovens carentes e proprietário de uma escola de yoga famosa entre as celebridades, o que lhe garante acesso a todo tipo de pessoas e de informações.
Mestre do thriller de ação, Harlan Coben se supera nesta eletrizante história cheia de incríveis reviravoltas. Um suspense que mostra a busca pelo assassino, pela vítima e, acima de tudo, pela verdade. 

Will Klein é um cara gente fina e boa praça, mas inseguro. Ele sempre se sentiu como um coadjuvante de sua própria vida, e o desaparecimento do irmão, 11 anos atrás, fez com que esse sentimento ficasse ainda mais entranhado em nosso mocinho. Mas uma reviravolta - aliás, reviravolta será uma palavra bastante usada nessa resenha - faz com que seja necessário que ele tome as rédeas não só de sua vida, mas também de uma busca implacável pela verdade do que aconteceu no passado e também o que vem acontecendo no presente, garantindo que seu futuro seja diferente e mais promissor. Mas vamos por partes!

Em seu leito de morte, a sra. Klein conta ao filho que Ken, o primogênito, está vivo. No início, Will não dá crédito à mãe. Ele pensa que tudo não passa de um delírio causado pelas dores e pelos remédios fortíssimos, mas quando está separando seus pertences para doação, ele encontra uma foto de seu irmão. Uma foto recente. Aquela informação era verdadeira, não era um delírio. E aí começa uma de suas buscas - sim, UMA delas.

Ken é suspeito de matar a namorada, mas sua família sempre acreditou em sua inocência. Nem mesmo o fato de ele ter desaparecido fez com que deixassem de acreditar que ele não havia feito aquilo, e agora Will precisa voltar ao passado para entender o que realmente aconteceu, pois só assim descobrirá o paradeiro do rapaz.

"Deixei meus olhos passearem. Meu olhar passou pelos passageiros que estavam esperando, os homens de terno, as mulheres com carrinhos, as famílias saindo de férias, os atrasados, os frustrados, os cansados. Olhava distraidamente para todos aqueles rostos quando o vi me encarando. Meu coração parou. O Fantasma."

Acha que é só isso? Engano seu.
Nosso queridíssimo Mestre das Noites em Claro achou pouco dar um nó tão simples em nossa cabeça... o negócio dele é dar nós de marinheiro, por isso, resolveu nos presentar com  mais um mistério.

Sheila, o grande amor da vida de Will, desaparece de repente. Ela deixa um bilhete confuso, dizendo que o ama, mas que precisava partir. Ele fica sem chão, sem entender seus motivos. Ela sempre foi uma mulher reservada, ele nunca conheceu sua família e jamais soube nada sobre seu passado, e tudo isso faz com que ele volte a se sentir inseguro, incerto do que deve ou não fazer. Aliás, este é um conflito super presente durante a trama, e ele faz com que a gente exploda a escala de empatia pelo personagem.

Agora Will tem não só um, mas dois casos para investigar. E ele não o faz sozinho: ele tem a ajuda de seu amigo Squares, um cara no mínimo excêntrico, mas boa pessoa e extremamente inteligente e bem relacionado. Ele é dono de uma famosa escola de yoga, tem um jeito de ser super diferentão, é proprietário de uma kombi caindo aos pedaços e o responsável por nos proporcionar boas risadas.

Então, fim. É isso.
Nãaaaaao!
Tem mais, peraí!
Como coisa ruim nunca vem sozinha, Will agora está sendo seguido por dois amigos de seu irmão. Estão rondando sua casa e tudo! Amigos das antigas, sabe. Amigos que sempre estiveram envolvidos com coisinhas ilícitas. E tem mais um detalhe: o FBI desconfia que Sheila é a autora de dois assassinatos, por isso, eles também estão no calcanhar do rapaz, pois têm certeza de que ele tem alguma informação sobre o paradeiro da moça. Chupa essa manga, gente! 😮

Ufa! Quanta coisa, beu teeeeeus!
Falando assim, parece que é informação demais e que o livro é confuso e desconexo, mas não se enganem, pipows. Coben transita pelos dois mistérios de forma confortável, dando informações aqui e acolá, montando o quebra-cabeça pecinha por pecinha, sem pressa. Seus capítulos são curtos e deliciosos; sua narrativa é instigante e viciante! A trama é regada a reviravoltas, descobertas, mistério atrás de mistério. Os personagens são bem construídos e reais, e todo aquele dilema vivido por Will nos dá a falsa impressão de que ele não vai dar conta do recado, bem como as loucuras de Square podem fazer com que o leitor não o leve a sério; mas tudo não passa de impressões e ilusões. Will cresce na trama de forma assustadora, amadurece gradativamente, mas de uma forma que faz com que tenhamos orgulho do cara, afinal, ficamos torcendo por ele desde o início. Square é maluco do início ao fim, e como eu já disse lá em cima, ele nos proporciona boas risadas, embora seja um cara sério e altruísta. Ele dá um Norte para o amigo, e sua ajuda é fundamental para que tudo se resolva.

"Ela me olhou, e eu pensei que aquele talvez fosse o jeito como eu costumava olhar para Ken, com uma mistura de esperança, adoração e confiança. Tentei parecer corajoso, mas nunca fui do tipo heroico. Ela assentiu."

Eu queria falar um pouco sobre o final, sobre as surpresas e reviravoltas (olha a palavrinha aqui de novo!) que ele traz, mas tenho medo de acabar empolgando e falando o que não devo, por isso, direi apenas que ele foi fantástico, que o Careca Coben nutriu o mistério da trama até - literalmente - a última página do livro, e que tudo isso fez com que eu soltasse vários - mas vários mesmo! - palavrões em voz alta, palavrões estes que eu disse dentro de um ônibus, ao lado de uma velhinha que estava fazendo sudoku concentradamente. Acabei com sua concentração e ainda levei uma bronca por falar tais palavras... mas não me arrependo. Esse final valeu cada palavrão proferido, rs!


25 comentários:

  1. Coben sem sombra de dúvidas é um dos meus autores favoritos. Essa genialidade dele em colocar o leitor dentro de suas "teias de aranha" é impressionante.
    Quando a gente pensa que já esclarecemos tudo, ele vai lá, sorrateiramente e? Muda tudo!
    Li este livro faz um tempinho também e é maravilhoso. Não tem nada de nó na cabeça não. O moço é fera em prender o leitor.
    Super recomendado!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coben é um dos meus preferidos também! Adoro me embrenhar em suas teias e me perder nesses mistérios tão bem traçados! Coração fica a milhão, a cabeça também... muito amor!
      Fico feliz por saber que ele também é um de seus preferidos! É sempre lindo encontrar quem gosta dos mesmos autores e livros que a gente!

      Beijocas

      Excluir
  2. Nunca li nada do Coben mas tenho muita curiosidade, esse livro já me chamou atenção, preciso lê-lo imediatamente!! Adoro histórias com bastante mistérios e essa sem dúvidas é assim, preciso saber o desfecho dessa trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa ler imediatamente mesmo, Karina! shIAHsuihas
      Corre, pq tá perdendo um livrão da po%#@$#
      Kkkkkkkkkkk

      Beijocas

      Excluir
  3. Esse é um dos livros do Harlan que eu quero muito ler! Espero que tenha um bom desfecho, pois já li um livro dele (O Inocente) antes que não me agradou muito, espera bem daquele final... Mas, enfim, a escrita dele nos prende, nos faz querer desvendar cada mistério! Quero ler esse livro o quanto antes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei bastante de O inocente, mas realmente, ele não é tão frenético quanto os outros. É um pouco mais lento, mas muito bom também.
      Tomara que este te amarre do início ao fim!

      Beijocas, Dai!

      Excluir
  4. Olá Fabíola! Velhinhas e seus olhares acusadores, sei bem como é hahaha. Nunca li nada do autor, mas confesso que adoro um bom thriller. Gosto de reviravoltas também, pois faz a história ficar mais excitante. Espero ter a oportunidade de ler a obra em breve. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Aline... essas velhinhas acabam com meu psicológico! Mas fazer o que? Eu preciso me expressar quando algo realmente fod¨%$# acontece num livro! shIAHsuihas
      Espero que possa ler algo do autor em breve, pois ele é genial!

      Beijocas

      Excluir
  5. Olá, como não posso nem ver um mistério a obra já tem lugar garantido em minha estante. Ainda que conte com uma trama densa e com muitos personagens, o autor consegue entregar uma narrativa bem construída e com reviravoltas inteligentes, que justificam reações escandalosas, sem indiretas kkkkkk. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super justificam as reações escandalosas, Alison! Kkkkkkkkkkk
      Duvido que vc vá ler sem ter uma reação parecida! Huhuh

      Beijocas

      Excluir
  6. Só li um livro do Harlan Coben que foi Não Fale Com Estranhos, eu gostei. Mas não foi um dos meus favoritos. Uma coisa que eu gostei é que a escrita do autor é bem rápida e fácil. Achei a sinopse já cheia de mistérios e acho que fiquei confusa assim como o Will deve ficar pra tentar desvendar o que aconteceu. Tomara que a Sheila tenha uma boa explicação para esse sumiço e muito legal saber que esse amigo dele que vai ser tão presente no livro é uma pessoa bacana e engraçada, pois isso dá um toque divertido no meio do mistério. Gostei da dica e vou deitar aqui anotada já que eu quero ler mais algo do Harlan Coben. E que inclusive é bem simpático com os leitores nas redes sociais pelo o que eu já vi. E tadinha da senhora que estava concentrada no sudoku, mas te entendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que tenha mais sorte com o próximo livro do autor, Mari! E, realmente, a leitura é fácil e rápida.
      E a velhinha deve ter me perdoado depois, acho... sHIAUhsuiHAs

      Beijocas

      Excluir
  7. Oi Fabi....
    Esse livro realmente é cheio de mistérios, e sua empolgação ao longo da resenha me deixa extremamente curiosa e louca de vontade de ler esse livro muito em breve... Nunca li nada do Harlan Coben, mas essa pelo jeito será minha primeira impressão desse autor... E promete ser muito positiva...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que seja positiva mesmo, Cris, pois para mim, ele arrasa muito! Rs
      Impossível não ficar empolgada!

      Beijocas

      Excluir
  8. Oi fabi! Imagino que seja um livro com excelente mistério porque o Coben é super conhecido no gênero! Nunca li nada do autor, mas pretendo em 2018!

    Bjs, Mi

    http://oquetemnanossaestante.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Fabi
    Só que já leu Harlan Coben para entender que o livro apesar de muitaaaas informações de forma alguma é confusa, mas vamos combinar que dessa vez ele judiou do protagonista, rsrs. Não sei porque mas tenho a impressão de que o sumiço do irmão e da namorada de Will vão estar ligados, o autor vive conectando esse tipo de coisa.
    Dos livros que li nunca consegui resolver o mistério antes do fim, sempre me enganava, então é de se esperar que o mistério desse permaneça até as últimas páginas. Adorei, e já quero ler.
    Bjs
    (Feliz Natala atrasado <3)

    ResponderExcluir
  10. Eu só li um livro do harlan coben que foi o livro cilada apesar de já ter visto vários outros lançamentos de livros dele pela arqueiro eu ainda não li muitos livros dele pelo motivo de que você mais de livros românticos Por incrível que pareça fantasia suspenses eu acabo deixando um pouquinho de lado mas vou tentar ler mais em 2018

    ResponderExcluir
  11. Oi, Fabiola!
    Apesar de gostar de suspense não li nenhum livro do Harlan Coben, acredita?! Mas recentemente ganhei O medo mais profundo e pretendo ler já no início do ano que vem...
    Quanto a Desaparecido para sempre, coitado do Will, quantos problemas a enfrentar e mistérios a desvendar: o irmão que surgi dos mortos, a namorada desaparecida, vigiado por marginas e perseguido pelo FBI! Fiquei com pena dele e muito curiosa para saber como ele vai sair dessa confusão toda.
    Valeu pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Fabi!
    É verdade! O Harlan é espert em uma escrita concisa, onde suas tramas aparentemente não tem conexão, entretanto, vamos nos envolvendo nos mistérios e no final, o que parecia sem nexo, tem uma grande reviravolta e tudo o que achávamos ter entendido e deduzido, muda de uma forma inimaginável.
    Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  13. Sou apaixonado pelos livros do Coben, e esse ainda não tive o prazer de ler, mas confesso que sua resenha me deixou com muita vontade de desvendar esse mistério. Sem falar que o autor arrasa no quesito de criar todo um cenário, todo um suspense não é mesmo? Coben tem o talento nato de envolver o leitor até a última página e acredito que com esse não será diferente. Pretendo lê-lo esse ano!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu já vi muitos livros desse autor porém nunca li mas tenho essa vontade imensa de ler. Esse tem uma premissa muito ótima e deixa o leitor muito curioso com o mistério.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  15. Oi, Fabi!!
    Acredita que ainda não li nada do Harlan Coben?!! Pois é!! Mas adoro um bom livro de mistério e suspense e por causa disso tenho certeza que vou ler muito em breve um livro desse autor!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Olá Fabi ;)
    Ainda não tive oportunidade de ler nada do Coben, mas ele escreve o tipo de livro que amo, suspense bem intrigante haha
    Nossa, pela resenha tudo de ruim parece acontecer com o Will, e tudo de uma vez! Bota azar nisso... ou não será coincidência?
    Adoro um bom livro de suspense, que sustenta o mistério até o finalzinho. O último que li nesse nível foi minha última leitura de 2017, Por Trás de Seus Olhos (te indico, se não tiver lido ainda).
    Enfim, fiquei super curiosa para saber quais os problemas que o Will vai passar, e como a trama vai se desenrolar. Se eu gostar do livro, com certeza vou querer ler todos do autor ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Comprei o livro de presente para minha irmã só por que a capa me chamou a atenção na estante, ela o leu duas vezes e imaginei que fosse bom, então resolvi ler também. Mas cara, quando acabei de ler, meu Deus do céu! No momento estava pasma, branca quase como o fantasma. Simplesmente incrível o enredo que levou a esse final surpreendente, realmente superou minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  18. Como gosto de livro surpreendentes como esse, mesmo nunca tido lido nada sobre o autor, ainda sim sempre me pego curiosa com vontade de ler seus livros, ainda mais quando leio resenhas assim como essa repleto de elogios. Vejo que a trama tem bastante ação e mistério, e o autor consegue nos prender a leitor, deixando o melhor para o final. Vou incluir esse livro na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo