Menu em imagem

Image Map

05 julho 2017

{Resenha} ~ Scarlet - Marissa Meyer ~

Ei,  coisas lindas da minha vida!
Tudo bem aí?
Tudo lindo?
Espero que siiiim!

Hoje eu vim para continuar o nosso papo sobre a série Crônicas Lunares, da autora Marissa Meyer. Falamos sobre o primeiro livro, Cinder, ainda outro dia, e lá na resenha contei pra vocês o quanto eu adorei esse livro, mesmo sendo algo bem diferente do que eu tenho o hábito de ler. Na verdade, eu adorei a série inteirinha, como vocês irão perceber nesta e nas próximas resenhas, hehe.

resenha scarlet


Quando li: Fevereiro, 2017.
Título: Scarlet - Crônicas Lunares #2
Autor(a): Marissa Meyer
Editora: Rocco
Páginas: 480
Avaliação: 
Onde comprar? Americanas | Amazon | Submarino
Resenha anterior: Cinder - Crônicas Lunares #1
Sinopse: Scarlet, o segundo livro da saga Crônicas Lunares, é inspirado em Chapeuzinho Vermelho e mostra o encontro da heroína ciborgue que dá nome ao romance anterior com uma jovem ruiva que está em busca da avó desaparecida.
Criada em Rieux, na França, pela avó Michelle Benoit, Scarlet levava uma vida tranquila na fazenda da família. Quando Michelle desaparece misteriosamente e a polícia arquiva o caso por falta de provas, a neta não se dá por satisfeita e decide fazer o possível para descobrir o que aconteceu. Mas uma outra surpresa aguarda a jovem: um lutador de rua apelidado de Lobo cruza seu caminho e se oferece para ajuda-la. 

ATENÇÃO! ESTA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR! 

Antes de começar, queria dizer que eu não postei a sinopse toda, gente! Ela estava fofoqueira demais, rs! Preferi vir falar do livro com minhas palavras pra vocês, assim diminuiremos os spoilers do livro anterior e também nos permitirá bater um papinho mais informativo aqui na resenha. Então, me perdoem. Caso queiram ler a sinopse completinha, clique aqui.

Scarlet é uma bela e jovem ruiva que vive em Rieux, na França, numa fazenda que provém o seu sustento e de sua avó. Elas produzem praticamente tudo o que consomem e ainda fornecem frutas, legumes e grãos para muitas e muitas pessoas da cidade.

Um belo dia, sua avó, Michelle de Benoit, some misteriosamente. Seu chip de identificação foi retirado, e depois de alguns dias de procura, a polícia resolve arquivar o caso. Todos na cidade acham que Michelle é louca, por isso, seu sumiço foi algo um tanto quanto normal para eles. Mas Scarlet sabe que há algo errado, pois sua avó jamais desapareceria assim.

Como se não bastassem os problemas relacionados ao sumiço de sua avó, eis que um homem forte, de aparência rude e com uma beleza singular aparece para deixar as coisas ainda mais confusas. Ele é chamado de Lobo, e ele é um lutador de rua. Imediatamente uma faísca rola entre ambos, e quando Scarlet decide sair em busca de sua avó, o misterioso homem a acompanha. E essa viagem promete fortes emoções.

"Duas semanas. Duas semanas inteiras em que a avó estava por aí. Sozinha. Indefesa. Esquecida. Talvez... Talvez até morta. Talvez sequestrada e morta e deixada em alguma vala escura e úmida em algum lugar. E por quê? Por quê por quê por quê?"

Enquanto Scarlet parte rumo à Paris em busca de sua avó, Cinder, que teve sua identidade revelada no baile, está sendo procurada. Ela foi presa, mas conseguiu fugir - e essa fuga foi muuuuito mara - na companhia de um ex-militar que tem um jeitinho apaixonante. Mas não se engane: esse tal jeitinho apaixonante nada tem a ver com romantismo e afins, não. Ele é sarcástico, bonito, tem um senso de humor contagiante e um tanto quanto ácido, é inteligente e se acha bastante. Isso aí, pipows. Thorne é meu tipo de boy magia. Kkkkkkkkkkk

E a história de Cinder ganha o mundo, minha gente. O que achamos que ficaria só em Nova Pequim, acaba se expandindo. A história de nossa ciborgue gente fina se entrelaça com a da nossa ruiva de casaco vermelho, e a ação come solta. Sério. Em muitos momentos do livro, a gente chega a ficar sem fôlego, apreensivos. A sensação que temos é que vai dar merda treta a qualquer momento, e que tudo vai pro ralo.

"Tudo o que Cinder sempre quis foi liberdade. Liberdade da madrasta e de suas regras dominadoras. Liberdade de uma vida de trabalho constante sem nenhum reconhecimento. Liberdade dos olhares de desprezo e das palavras de ódio de estranhos que não confiavam na garota ciborgue. Agora, conquistara a liberdade, mas não era nem um pouco como tinha imaginado."

Scarlet nos trás mais uma protagonista forte, destemida, determinada e osso duro de roer! Aliás, dando um pequeno spoiler dos demais livros, absolutamente todas as personagens desta série são empoderadas, minha gente. A autora não economiza em coragem e garra para as personagens, fazendo com que cada uma delas seja especial e única, pois cada uma tem suas particularidades, qualidades, defeitos e medos. É só amor, minha gente.

Preciso fala do Lobo. Preciso dizer que desde que ele apareceu na trama, eu o shippei com Scarlet. Ele também é um personagem apaixonante, mas por outros motivos. Ele tem uma inocência diferente, um jeito selvagem, algo que desperta no leitor a vontade de cuida-lo. Não pensem que ele é o Lobo Mau que come a vovozinha e a Chapeuzinho Vermelho, mesmo que por vezes, ele pareça ser exatamente isso. Ele não passa de um cãozinho indefeso em busca de carinho, carinho este que encontra em Scarlet.

"Ela já desejava a solidão da fazenda de novo. Era a única realidade que conhecia. A fazenda e a avó e as entregas semanais. E agora, Lobo. Essa era a realidade que ela queria."

Como já disse, a aventura continua a toda, fazendo com que largar o livro seja uma missão daquelas bem impossíveis. A medida que a trama se desenrola, conhecemos mais e mais da história de Cinder e de seu  passado, e o aparecimento de Scarlet também vai fazendo com que tudo fique mais redondinho, dando mais sentido a tudo, mesmo o segundo volume tendo tantos mistérios e segredos quanto o anterior.

O que  mais me agradou neste livro foi que todas essas qualidades que mencionei veem da teimosia de Scarlet, e isso foi uma surpresa, pois normalmente eu não me simpatizo muito com personagens que não largam o osso fácil em determinadas situações. E foi justamente a sua teimosia que fez a trama ter mais sentido, ao meu ver.

Sensibilidade. Inteligência. Viagens loucas. Tecnologia exposta de forma inteligível. Cenário fantástico, porém totalmente crível. Amor. Amizade. Família. Talvez este seja um resumão do que podemos encontrar neste segundo livro.

Eu fiquei super feliz comigo mesma por ter colocado todos os livros da série em meu kindle antes de começar a leitura, pois, minha gente, é emoção demais pra segurar. Assim que eu terminei Cinder, corri para começar a ler Scarlet, e todo aquele receio que eu tive no primeiro volume - receio sobre essa  loucura de fazer uma releitura de contos de fadas e envolver distopias e ficção científica - foi para o espaço. Foi pra Luna! Hahahaha

A narrativa continua gostosa e envolvente, as páginas continuam se virando sozinhas e quanto mais lemos e conhecemos esse universo, mais queremos saber. A autora, que tem talento para criar mocinhas maravilhosas, também esbanja talento na hora de fazer com que tenhamos cada vez mais ódio da rainha Elara. Eu queria muuuuito socar a cara dela. Muito mesmo! Quanto mais sabemos sobre seus planos e o que ela foi capaz de fazer para alcançar seus objetivos hediondos, mas nojo sentimos. E mais amamos o livro.

Agora que você já leu a resenha - mesmo que por alto por causa dos possíveis spoilers -, vá correndo ler este livro. Ainda tô me sentindo mandona, por isso, sim, estou terminando mais uma resenha dando uma ordem a vocês. #FabiMandona Hhahaha



23 comentários:

  1. Oiiie Fabi!
    Arrasou na resenha, eu li td msm sabendo dos spoilers pq eu sou mto curiosa kkkkk
    Eu ainda não li nenhum dos livros, ansiosa pra conhecer...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro pessoas ousadas que leem a resenha mesmo ela tendo spoiler, Aline! shIUAHsuihIUHSAs
      Espero que possa ler em breve, pois essa série virou uma queridinha! Amo amo!

      Beijocas

      Excluir
  2. Oi Fabi ;)
    Pulei umas partes da resenha, porque não quero pegar NENHUM spoiler kkk
    Tenho Cinder e quero muito ler, e Scarlet ganhei de presente, e estou esperando chegar!
    Adoro a história da Chapeuzinho Vermelho, e adorei que a personagem se encontra com a protagonista do primeiro livro, adoro quando os personagens se misturam!
    E não precisa ser mandona kkkkkkk vou ler o livro com certeza!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ufa! Ainda bem que não vou precisar ficar repetindo "minhas ordens", Isa!
      Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Aproveita e pede logo o resto da série de presente, pois todos os livros nos deixam mortas de vontade de ler o próximO!
      E eu espero que adore tanto essa série quanto eu!

      Beijocas

      Excluir
  3. Oi Fabi!
    Quero muito ler essa série!
    Sei que vou amar porque gosto dos contos e de tecnologia futurística.
    Adorei que as histórias se entrelaçam *-* Mocinhas empoderadas tem sempre vez comigo s2 Cinder e Scarlet juntas deve ter sido muito mara!
    Deus do céu, eu preciso ler logo essa série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa ler logo mesmo, Nay!
      Essa série vai te agradar demais já que curte que tem em seu enredo! Se jogaaa!
      E te prepara para mais mocinhas empoderadas!

      Beijocas

      Excluir
  4. Não faça isso comigo Fabi! Hahaha
    Apesar do aviso de spoilers a ansiosa aqui foi lá e leu toda a resenha, pois quero saber mais sobre essa série ;)
    AMO essas protagonistas fortes e destemidas, então já sei que as personagens da série vão me conquistar. Adorei essa chapeuzinho vermelho, a Scarlet é bem cativante. Mas o que mais gostei mesmo foi desse Lobo, muitos suspiros pelo lobinho carente *-*
    Que bacana que a história de Cinder continua no segundo livro, preciso dar um jeito e ler essas releituras de contos de fadas com ficção científica pra ontem!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, precisa ler pra ontem meeeesmo, Mi!
      E te prepara, pois além de mandona, eu sou malvada! Já já tem resenha do próximo livro, e eu tenho certeza de que vc vai ficar ainda mais animada!

      Beijocas

      Excluir
  5. Oi, Fabi!!
    Que resenha mais linda gostei bastante!! Gostei muito do seu lado fofoqueira!! E estou cada vez mais apaixonada por essa série, gostaria muito de compra esses livros mais infelizmente estão muito caros, quem sabe na final do ano eu consiga, pelo menos assim espero.
    Bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estão caros demais mesmo, Marta!
      Desde que eu os li em e-book, venho querendo comprar mas está cada vez mais caro! Minha esperança é de que fiquem mais baratinhos na Black Friday, rs!

      Beijocas

      Excluir
  6. Oi Fabi!
    Adorei a resenha!
    Após ler a sua resenha do primeiro volume desta série, eu já havia ficado muito curiosa para fazer a leitura, e agora a minha curiosidade só aumentou.
    Esta mistura de contos de fada, mistério e distopia parece deixar a história muito envolvente e viciante.
    Quero começar a ler essa série o quanto antes ;)
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viciante e envolvente é pouco, Anninha! É quase uma droga que não nos deixa abandoná-la! Hahhahaha
      Eu espero que possa ler em breve, viu. E espero que goste tanto quanto eu!

      Beijocas

      Excluir
  7. A protagonista arrasando mais uma vez né Fabi?
    Eu quero ler essa série porque apaixonei desde a primeira vista aqui, vamos ver se aproveito a promoção da Amazon day e compro esses livros quem sabe.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, nesta série, as protagonistas dão show em todos os livros. Cada uma com seu jeitinho, com sua particularidade. É impossível não amar!
      Vá garimpando promoções mesmo, pois esses livros estão bem carinhos!

      Beijocas

      Excluir
  8. Fabii, queria dizer de novo que as capas dessa coleção são maravilhosas. Queria todas pra minha estante hahaha
    Sobre o livro, também fico receosa quando encontro uma releitura de um conto de fadas, mas depois de Once Upon a Time na minha vida, tó mais aberta pra esse tipo de livro. Lerei com certeza!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas capas são maravilhosas mesmo, Crissie! Merecem ser expostas meeeeeixmo! Hahahha

      Pode ter certeza que essas releituras super valem a pena! Pode se jogar sem medo!

      Beijocas

      Excluir
  9. Oi, Fabi!
    Ainda não comecei a ler essa série, mas depois de suas palavras tão hiper super positivas, já fiquei muito animada! Resenha excelente, sempre se superando!
    Espero ter a chance de fazer a leitura e gostar tanto quanto você, já que é uma leitura tão envolvente, não é mesmo?
    A dica está anotada. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suuuper envolvente, Márcia! Sem dúvidas umas das minhas melhores leituras do ano!
      Espero que goste tanto quanto eu mesmo, rs! Ela se tronou uma queridinha!

      Beijocas

      Excluir
  10. Fabi!
    Ai como gosto das releituras dos contos e aqui é feita de forma futurista e cibernética o que é uma grande junção.
    A série parece maravilhosa e com ação, apesar de ter dito que o último tenha mais ação que os outros.
    Não é dos meus contos favoritos A Chapeuzinho vermelho, mas pelo visto a autora conseguiu dar uma nova roupagem para ela e torná-la forte e em busca de seus objetivos, gostei disso.
    “Não saber é o que torna nossa vida possível.” (Lya Luft)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu super tenho preconceito com releituras, Rudy! Mas quando ousei dar chance a elas, sempre me surpreendi positivamente! Espero que essa série a surpreenda também!

      Beijocas

      Excluir
  11. Essas garotas da série são demais mesmo, a autora não brincou em serviço com elas. Mas eu amei a desse livro. Que garota maravilhosa! Forte e destemida e muito corajosa pra fazer as coisas que teve que fazer e enfrentar as situações difíceis que passou.
    E sou outra que ficou apaixonada pelo Lobo logo de cara. Shipo esses dois. Eles são uns amores, ahh amo esse casal mesmo. É meu favorito de longe.
    E olha, achei esse o melhor livro da série quando li, porque não conseguia parar de ler de tanta emoção e desespero pra saber as coisas. Mas ele e o último são os mais desesperadores. É tanta coisa acontecendo e reviravolta e injustiça e drama e desgraça que a gente perde até o fôlego! A narrativa da autora é muito envolvente e a história vale cada segundo que você gasta ao ler. Série do caramba essa daí s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, toda vez que eu falo dessa série eu preciso ficar me segurando pra num falar uns palavrões, pois ela merece, viu! MEO DEOS!
      Acredita que eu ainda não parei pra pensar qual é o meu preferido? Agora que vc falou, acho que é este mesmo. Apesar de que Cress me deixou doida também... e o último nem se fala!
      Mulher, que missão difícil escolher um só! Hahhahaha

      Beijocas

      Excluir
  12. Oiee!
    Eu ainda não li essa série Crônicas Lunares e não tenho certeza se é para mim, mas já tinha visto a resenha de Cinder e achei muito legal a ideia da autora. Achei ousado as mudanças e adaptações, parece ser um livro bem legal, mas ainda tenho dúvidas, vou deixar ele de molho, quem sabe mais pra frente eu leia.
    Bjs!

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo