Menu em imagem

Image Map

17 fevereiro 2017

{Resenha} ~ Biblioteca de almas - Ransom Riggs ~

Eu  não disse que voltava?
Cá estou!

Voltei, e voltei com tudo! Vim pra falar desse livro delicinha, que fechou com chave de ouro essa série que eu adorei acompanhar. Espia!

Quando li: Janeiro, 2017.
Título: Biblioteca de almas - O Lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares #3
Autor(a): Ransom Riggs
Editora: Intrínseca
Páginas: 408
Avaliação: 
Onde comprar? Amazon | Americanas | Submarino
Sinopse: Um poder extraordinário. Um exército de monstros. Uma batalha épica pela sobrevivência do mundo peculiar. Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a Srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrines da fortaleza dos acólitos.
Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.
Partindo para Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.

ATENÇÃO! ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DOS LIVROS ANTERIORES!!! 


Jacob e Emma estão em apuros. Depois de tantas fugas, agora estão encurralados. Estão dentro de uma cabine telefônica da Londres de hoje, e bem a frente deles, com suas línguas enormes e furiosas, há um etéreo faminto. Mas o que parecia ser o fim da jornada de resgate, na verdade foi a salvação da mesma. Naquele momento, Jacob descobre que a sua peculiaridade vai além do que ele imaginava. Ele não só vê os etéreos, ele também pode controlá-los.

"O monstro estava parado a uma língua de distância, os olhos fixos no nosso pescoço, o cérebro enrugado repleto de fantasias de assassinato. Sua fome por nós carregava o ar." 

Depois de uma série de atrasos causados por acólitos nas estações de metrô londrinas, Jacob, Emma e Addison conseguem chegar à famosa fenda conhecida como Recanto do Demônio, fenda esta famosa por abrigar a escória peculiar. Para a surpresa dos nossos heróis, não são encontrados somente peculiares ali. Há também humanos em meio a todo o lixo, podridão e maldade com que eles se deparam na fenda. Por sorte, o barqueiro, Shanon, que os leva até o local, resolve ajuda-los. Ele é um peculiar soturno e enigmático, que fica escondido por um capuz enorme e negro. Ele não ajuda os garotos de bom grado, não, mas no fim das contas, sua ajuda é crucial, afinal, ele os leva exatamente aonde eles precisam ir - a fortaleza dos acólitos.

biblioteca de almas

Durante essa jornada, Jacob e os outros acabam descobrindo quais são as verdadeiras intenções de Caul. Para que possam realmente acreditar em suas intenções loucas, eles precisam, antes de mais nada, acreditar em uma antiga lenda que faz parte do folclore dos peculiares. A lenda diz que existe uma fenda que abriga uma biblioteca de almas. Jarros e mais jarros abrigam uma série de almas de peculiares, e segundo a mesma, aquele que consome uma alma, terá a peculiaridade que nela contém. Caul quer absolver todas as almas, para assim, tornar-se o peculiar mais forte do mundo e fazer dos demais de sua espécie seus súditos. Agora nossos heróis especiais precisam não só salvar seus amigos e as ymbrines. Eles precisam também impedir os planos doentios de Caul para que assim o mundo peculiar seja salvo.

" - Isso não tem nada a ver com justiça - explicou Edward, tentando manter a calma. - Às vezes, na vida, é preciso matar para viver."
biblioteca de almas

Em A cidade dos etéreos vimos que as coisas ficaram feias para Jacob e seus amigos. Ele se viu responsável pela vida de cada um deles, e todos os seus medos vieram à tona, deixando-o, por vezes, fraco e suscetível a ataques de pelanca. Aqui temos um Jacob mais maduro, mais centrado, mais ciente de sua importância nessa busca, e esse fato foi decisivo para que a estória fosse envolvente e fluísse bem, afinal, cá temos uma série de acontecimentos importantíssimos antes do desdobramento da história que começou em O orfanato da senhorita Peregrine para crianças peculiares.

Além de se depararem com todo tipo de maldade no Recanto do Demônio, eles também descobrem o quão vil e ignóbil é o seu inimigo, Caul. Ele, além de fazer as ymbrines de refém - lembrando que uma delas, a Srta. Peregrine, é a sua irmã - ele também mantém outros peculiares prisioneiros a fim de extrair sua alma e, com ela, fazer uma droga chamada ambrosia. Ela é capaz de deixar a peculiaridade daquele que a consome mais forte por algum tempo, mas causa dependência quase que imediatamente. E no Recanto do Demônio, o que mais se vê são pessoas viciadas na droga, e tal fato não ajuda em nada a busca de Jacob e os outros.

" - Um oportunista disfarçado de amigo pode ser tão perigoso quanto um inimigo declarado."

Bentham, o outro irmão da Srta. Peregrine, é outro que aparece para salvar a pátria - ou não. Acontece que como ele fez parte de todo o pandemônio de anos atrás - aquele que resultou na criação dos acólitos e etéreos -, ficava difícil confiar nele. Mas sua ajuda também foi decisiva para que as coisas chegassem aonde chegaram.

Acho que com esse breve relato já deu pra perceber o quão arriscada a missão se tornou, o quão ampla a situação realmente era, e o quão difícil ficou para que Jacob, Emma e Addison pudessem salvar seus amigos, né? Pois é. Esse livro foi de tirar o fôlego no quesito ação! Tudo o que o anterior não nos proporcionou, este compensou.

Além de termos muita aventura, planos arriscados de invasão e uma série de situações alarmantes, tivemos também a evolução de Jacob, conforme mencionei lá no início dessa resenha. Ele finalmente tomou a frente da situação, se viu menos dependente de Emma - ela, por sua vez, me deixou um tanto quanto #brava durante a trama, tamanho era o mimimi às vezes -, e Addison, que já havia ganhado meu coração pelo simples fato de ser um cachorro falante, também foi decisivo na trama, e sua atitude e proatividade me deixaram ainda mais apaixonada pelo cãozinho maravilha.

O desenrolar da estória me agradou muito, e confesso que isso foi uma surpresa. O livro anterior não me agradou, achei super parado e fiquei super desanimada por causa de um personagem extremamente enfadonho - Enoch, seu insuportável! -, por isso eu sinceramente não esperava grandes coisas desse livro. Achei que seria algo previsível, chato. Mas fui positivamente surpreendida. A leitura tornou-se viciante assim como foi em O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares. Eu li Biblioteca de almas em duas madrugadas e fiquei com uma leve ressaquinha quando ele terminou. Sem dúvidas, apesar de ter sido o último livro da trilogia e de ter dado um final descente e crível à trama, ele deixou um gostinho de quero mais. Mas não por querer mais um livro, mas por querer que todas aquelas aventuras tivessem durado mais, por ter deixado aquela saudade boa.

Fabi, você super falou bem do livro... por que cargas d'água não vimos o coraçãozinho de favorito ali? Bem, pelo simples fato de que as imagens do livro não foram nada legais, pelo contrário. Pra mim, continuam bem bosta ruins. Não vi nada demais nelas, elas não foram impactantes como foram no primeiro livro e, infelizmente, continuo com aquela mesma sensação: parece que o autor gastou todas as boas imagens no primeiro livro e não sobrou quase nada para os demais. #Fail

biblioteca de almas

biblioteca de almas

biblioteca de almas

Fiquei feliz com a leitura não só por ter sido um livro fantástico e gostoso de se ler - o autor continua com aquela pegada envolvente em sua narrativa -, mas também por ter ficado super encantada com a diagramação desse exemplar. A Intrínseca arrasou mais uma vez e nos presenteou com uma edição maravilhosa, digna de colecionador. E o melhor: dessa vez meu livro não veio com páginas em branco, como aconteceu em Cidade dos etéreos.

Em suma, adorei o livro! Apesar dos percalços do livro anterior, continuo sendo super fã da série e, sem dúvidas, eu irei indicar sempre. Cá temos uma série de fantasia que tem aquilo que eu mais prezo em livros do gênero: uma história fantástica que me faz acreditar que ela possa ser real. Que faz com que eu me pergunte "e se?". Fantasia boa é fantasia assim. E O lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares não deixa a desejar nesse quesito.

" - Todos temos prazo de validade. Seu eu fosse vocês, não teria pressa para descobrir qual é."



30 comentários:

  1. Como eu só li o primeiro livro não vou nem me atrever a ler a resenha pra não ganhar spoiler do que me aguarda nas próximas leituras. Como vc já disse que fechou com chave de ouro então já fico feliz em saber que vale a pena acompanhar as crianças peculiares. Quando eu terminar todo os livros eu leio a resenha rsrsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor mesmo não ter lido, Alleh! Infelizmente, nem deu pra falar sobre o livro sem falar nem um pouquinho que seja do anterior...
      Espero que goste tanto quanto eu!

      Beijocas

      Excluir
  2. eu ainda não li nenhum livro dessa série, já estava ficando com medo de ler por causa dos comentários negativos do segundo livro(não só o seu mas o de várias pessoas). mas pelo menos esse fechou com chave de outro né?
    e pelo jeito podemos acompanhar o crescimento do personagem
    confesso que não deu para entender nem metade da resenha: eu ficava, quem? onde? o que?
    depois quando eu ler eu volto para comentar melhor ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, essa série não fugiu à regra da maioria das trilogias: primeiro livro bacana, segundo livro bosta e terceiro livro lacrador. A maioria é assim ou pelo menos se aproxima disso. Ainda bem que o terceiro salvou o anterior, pois ele realmente foi bem chato!

      Espero que vc goste, pois a série em si é bem bacana!
      Beijocas

      Excluir
    2. fabi, o pior é que infelizmente é a verdade a maioria das trilogias podia virar duologia...
      tanto que as vezes quando eu gosto do primeiro eu espero sair o terceiro para não abandonar

      Excluir
  3. Oi Fabi! Adorei a resenha!

    Eu ainda não li nenhum livro desta trilogia, mas tenho curiosidade em fazê-lo. Assisti a adaptação para os cinemas do primeiro livro no ano passado e gostei bastante da trama, apesar de saber que o filme trouxe muitas mudanças.

    Espero apostar na leitura desses três livros ainda nesse ano, porque adoro histórias de fantasia e aventura, e esses livros parecem ter isso de sobra. Também fico menos receosa em saber que o final foi satisfatório. Me dá menos medo de me decepcionar hehe

    E essa edição também está muito linda e convidativa! Adorei a cor da capa!

    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente eles têm aventura e fantasia de sobra, Anninha! É impossível não se envolver e muito com tudo o que rola neles, mesmo o segundo sendo chatinho!
      Também espero que vc possa lê-los ainda esse ano. Assim a leitura ainda vai estar fresquinha em minha memória e vamos poder falar deles até dizer chega, hehe..

      Beijocas

      Excluir
  4. Oi Fabi!!!
    Ainda não li os livros da série da srta Peregrine mas não vejo a hora! E deve ser uma missão super arriscada mesmo a que Jacob e seus amigos terão que encarar. Fiquei curiosa para saber se todos os livros são capa dura?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai menina, leia logo! shIUAhsuiHAs
      Espero que não passe desse ano... desse mês... dessa semana! Hahhaha
      Então, inicialmente, o primeiro livro da série foi lançado pela editora Leya, e ele não tinha capa dura. Depois a Intrínseca comprou os direitos de publicação e lançou os dois últimos, e pra ficar tudo certinho, relançou o primeiro livro em capa dura, mas mudou o nome do bichinho... Ele se tornou "O lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares", o que me deixou muito chateada. O nome original é mais condizente com a trama, e essa mudança, creio eu, veio para acompanhar o nome do filme, que também nos apresentou uma série de mudanças.
      Bem, pelo menos eles mantiveram a capa já é um avanço, rs!

      Beijocas

      Excluir
  5. Estou doida para comprar essa série, a edição da intrínseca está realmente um luxo. Li a resenha bem por cima pra não pegar muitos spoilers, mas deu pra perceber a aventura incrível que é esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles realmente capricharam demais na edição, Kris! A leitura fica ainda mais agradável quando temos em mãos uma edição de tirar o fôlego e encher os olhos, né?
      E realmente, aventuras incríveis aqui é o que não falta!

      Beijcoas

      Excluir
  6. Olá, bom saber que a trilogia se encerra maravilhosamente, li os 2 primeiros livros e o jeito que acabou o final do segundo me deixou no chão, espero ler a conclusão em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei no chão com o final do segundo livro, Alison! Fiquei me perguntando WTF, man!? Hahahahha
      Fiquei quase que indignada!
      Mas quando começamos a ler o terceiro, que começa exatamente onde o segundo terminou, toda aquela indignação vai pro brejo...

      Beijocas, e boa leitura!

      Excluir
  7. OI abi.
    Adorei saber que você gostou desse livro, uma pena o primeiro não ter te agrado tanto assim, estou louca para ler essa série adorei o pouco que descreveu, qual é a intenção de Caul, e a jornada de Jacob para salvar seus amigos, simplesmente adorei.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste ainda mais do livro, Marlene! Ele nos proporciona agradáveis surpresas! É mara!

      Beijocas

      Excluir
  8. Oi Fabi, eu parei imediatamente de ler sua resenha depois do aviso que possíveis spoilers. Que bom que você avisou hehehe
    Desde que anunciaram o lançamento do filme - cujo o qual eu me recuso assistir antes de ler os livros - que eu estou de olho nesses livros. Achei a história mega interessante e a minha cara.
    Espero gostar quando ler.
    Beijokas
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu sempre aviso quando tem spoilers por aqui, Pri!
      Eu fico tiririca da vida quando leio uma resenha cheia de spoilers... e não quero ninguém tiririca por aqui! shIAHsuiHAUIhs

      Eu também espero muito que goste da série, viu. E ainda bem que vc preferiu ler antes de ver o filme, pois já adianto, mudaram umas coisinhas danadas de importantes nele!

      Beijocas

      Excluir
  9. Olá!!!
    Ainda estou terminando de ler o primeiro livro mais confesso que estou achando uma leitura bem fraca espero que os outros a história melhore.
    Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, essa série é do tipo que ou se ama, ou não, rs.
      Mas confesso que demorei um pouco pra engrenar no primeiro livro. Demora um pouco pras coisas acontecerem, mas quando começa, fica bom demais! Espero que você consiga encontrar um ritmo e, principalmente, que goste do livro!

      Beijocas

      Excluir
  10. Oi Fabi, tudo bem?

    Eu também terminei essa trilogia e em breve irei postar minha resenha.
    Amei a sua e concordo em vários pontos com você.
    Lindooooo esse livrinho!
    Já está deixando saudades.

    Beijos.
    Alana Marques
    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Alana, sua linda! Tudo bem, obrigada! E vc?
      Irei ler sua resenha quando vc postá-la pra saber o que tivemos em comum em relação às nossas percepções quanto ao livro! E concordo com vc: já está deixando saudades!

      Beijocas

      Excluir
  11. Se tem um negócio que me anima pra ler séries ou trilogias é ver que fecham com chave de ouro e dá satisfação de terminar as histórias. Nem me importo muito se um livro ou outro fique meio chatinho ou coisa assim. Acho que tenho mania de avaliar mais pelo todo que por um ou outro, sei lá..
    Parece que o livro conseguiu fazer tudo ficar certinho, tem muita aventura e coisas acontecendo pra não perder a graça e deve ser bem viciante na hora de ler. Dando aquela curiosidade pra ver como tudo termina, sabe? Que bom que não se perdeu e terminou bem.
    Quero muito ler essas histórias ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou dessas que avalia a série como um todo, Cris! Acho quase impossível todos os livros nos agradarem 100%, por isso que sempre levo em consideração o primeiro e, principalmente, o último livro! E essa arrasou no quesito "fechamento", rs.
      Espero que possa ler em breve, pois além dela ser excelente, ainda tem essas edições lindas de morrer, né?

      Beijocas

      Excluir
  12. Eu ainda não li o segundo livro, por isso li a resenha só por cima, mas tô mega ansiosa pra ler os outros. Eu adorei o primeiro, devorei ele em menos de dois dias, mas odiei o filme e isso me deixou um pouco desanimada. Mas já que a Fabi falou que vale a pena, eles voltam pro topo da lista rapidinho kkkkk
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  13. É bom, né, concluir uma série com aquela sensação de dever cumprido? Não se decepcionar? Tudo se encaixando, questões sendo respondidas. Estou to bem empolgada com as resenhas positivas e quero começar a série logo. Tu achou as fotos bem bosta e eu acho todas macabras. Essas fotos me causam arrepios.

    ResponderExcluir
  14. Oi Fabi, voltei! Estava ausente por conta de saúde (mintira, fiquei chateada com o rebobina (mintira de novo)) hihihih, aqui as coisas estão um pouco complicadas em questão de tempo, mas bora lá: não li essa série, estou me contendo com despesas aqui e comprar livros não está em minhas prioridades agora. Mas confesso que estou ansiosa para ler um dia. E acho as capas sem as hardcovers muito mais bonitas que as capinhas avulsas!

    ResponderExcluir
  15. Tenho muita vontade ler toda a trilogia do Lar da Srta. Peregrine, mas até agora não tive oportunidade. E essas edições que a Intrínseca fez, são lindas demais, quero muito ter na coleção. Sua resenha me deixou super curiosa, quero muito entender tudo, a peculiaridade do Jacob, o que são os etéreos e etc.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  16. Oi, Fabi!!!
    Como vou ler o livro O Lar da Srta. Peregrine para crianças nesse mês de dezembro não li a resenha para não pegar nenhum spoilers!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Oi Fabi....
    Ainda não li essa série por falta de tempo mesmo.... Adorei sua resenha... Uma pena que as fotos no livro tenha 'caído a qualidade'... Vi algumas imagens do primeiro livro e me encantei bastante... Espero poder ler essa série ainda este ano e me aventurar com Jacob e com essas crianças peculiares... Ah, não podia deixar de falar o quanto me encantei com suas imagens do post e como gostei dos lançamentos em capa dura da série...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo