Menu em imagem

Image Map

31 agosto 2016

{Resenhas } ~ As virgens suicidas - Jeffrey Eugenides ~

Oi oi pipows!
Como estão?

O tempo ficou maluco aí na sua cidade também? Primeiro, um calor digno do agreste, abafado... depois, chuva e o frio de novo. Haja pulmão pra isso, viu! Aiiaii...

Mas vamos deixar as reclamações de lado pois hoje eu vim falar de coisa boa!

Na semana passada falei um pouquinho sobre As virgens suicidas e prometi que voltaria em breve pra poder falar ainda mais, num foi? Pois cá estou! Vim pra falar desse livro fantástico, que degustei devagar... aproveitando cada página! É raro isso, eu sei, mas confesso que sinto que eu fiz a coisa certa, rs. Eu não queria que ele acabasse. Gostei tanto que eu nem sei o que falar sobre ele aqui nessa resenha, mas eu vou tentar mesmo assim.


Quando li: Agosto, 2016
Título: As virgens sucididas
Autor(a): Jeffrey Eugenides
Editora: Companhia das letras
Páginas: 231
Avaliação: 
Onde comprar? Amazon | Americanas | Submarino | Saraiva
Sinopse: Num típico subúrbio dos Estados Unidos nos anos 1970, cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia, ocorrida no seio da família que, em oposição aos efeitos já perceptíveis da revolução sexual, vive sob severas restrições morais e religiosas, é narrada pela voz coletiva e fascinada de um grupo de garotos da vizinhança. O coro lírico que então se forma ajuda a dar um tom sui generis a esta fábula da inocência perdida.  

As garotas Lisbon sempre foram alvo de grande admiração e muita curiosidade. Os garotos do bairro dedicaram muito tempo tentando descobrir cada vez mais detalhes dessas meninas tão exóticas e peculiares. Foram o alimento perfeito para mentes férteis e um tanto quanto obsessivas. Mas o cenário muda rapidamente quando Cecilia, a Lisbon mais jovem, resolve botar um ponto final em sua breve vida. Nesse ambiente onde tudo era sempre igual, tal mudança foi tão incomum quanto um dia de neve em pleno verão.

Antes de conseguir enfim se matar, Cecilia fez uma tentativa frustrada. Ela cortou os seus pulsos e ficou aguardando a morte chegar enquanto a água quente da banheira ia aos poucos esfriando. Após essa tentativa, a tão durona e estranha sra. Lisbon mudou um pouco sua postura, relaxou um pouco, mesmo sabendo que o ano de 1970 era o ano das reviravoltas no mundo. Televisores e rádios mais modernos, revistas de moda, roupas apertadas, penteados ousados, maquiagens e mais maquiagens, sexy apil aflorado. Tudo o que ela mais abomina virou moda! Mas não pensem que ela relaxou a ponto de permitir que suas preciosas filhas se entregassem às mudanças mundanas. De forma alguma! Ela simplesmente permitiu que elas saíssem mais, falassem mais... permitiu até mesmo uma festa em sua casa! Pena que a tal festa tenha sido trágica.

Cecilia pediu licença mesmo vendo que todos estavam se divertindo e, após alguns minutos, todos ouviram o barulho de algo caindo. Algo não, alguém. Cecilia se atirou da janela de seu quarto, rumo a uma cerca afiada. E esse ato mudou para sempre a vida dos Lisbon e de toda a vizinhança.

Inexplicavelmente, uma a uma, as garotas Lisbon se despedem desse mundo. Cecilia deu o primeiro passo, e até agora todos se perguntam se tudo isso foi planejado, se elas tinham tudo em mente desde sempre. Será? Ao que tudo indica, a chave para solucionarmos o mistério da morte de todas elas está em entender os motivos de Cecilia. Mas ela está morta... e todas as outras também. Então, o que resta?

E é assim que a estória começa.
Ela é contada por um grupo de amigos que mesmo vinte anos após a morte das garotas, ainda tentam entender seus motivos. A narrativa se dá em forma de relatório, e isso a deixou muito fluida. Inicialmente temos a impressão de que tudo seria superficial demais, afinal, pessoas que nem mesmo conviviam ativamente com as meninas é que são os narradores. Mas o encanto da estória é exatamente esse: as meninas eram encantadoras a ponto de fazer com que aqueles meninos, hoje homens formados, de cabelos ralos e barriguinhas salientes, ainda se encontrem na casa da árvore para analisar suas parcas provas a fim de entender o que realmente aconteceu com as Lisbon.

Eles falam com muita propriedade sobre todos os acontecimentos, sobre o pai das garotas - um professor de matemática que, como vocês devem imaginar, não tinha voz em sua casa e, acreditem, nem mesmo em sua sala de aula. Um zero à esquerda? Talvez. A sra. Lisbon também é descrita, porém sem muitos detalhes, mas o pouco que sabemos é o suficiente para saber que ela nunca pretendeu facilitar as coisas para as filhas. E o que dizer das garotas Lisbon? Belas meninas de cabelos e olhos claros, com a pele alva e sedosa, com uma beleza ímpar impossível de ser ofuscada - nem mesmo alguns dentes encavalados foram capazes de apagar seu brilho. Mas será que por baixo de toda essa beleza existia algum distúrbio, algum problema ou frustração tão grave a ponto de fazê-las chegar a tal ponto?

Os narradores ainda estão desolados e desacreditados por conta dos acontecimentos, mas isso não os impede de nos encher de detalhes sobre cada uma das meninas - Cecilia, Bonnie, Mary, Therese e Lux. Eles falam sobre suas personalidades tão diferentes, sobre particularidades como os absorventes que elas usavam e o aroma de seus sabonetes. Conseguem até mesmo traçar pequenos insigths da vida cotidiana daquelas meninas, bem como a da deles.

A ruína da família após a morte de Cecilia é nítida. Eles passam a viver trancafiados em casa, se acabando aos poucos... definhando junto com aquilo que um dia foi um lar. Mas não pensem que isso faz com que a trama fique monótona, não se enganem. Lux não deixa que nada fique parado. Eu adoraria dizer o que ela aprontou para aliviar suas angústias antes de se matar, mas dar spoiler de um livro fantástico como esse seria um pecado.

Esse é o tipo de livro que não dá pra ler por ler. É preciso ser atento e se envolver em tudo aquilo que está sendo dito. E em minha humilde opinião, esse é um dos principais fatores que fizeram desse livro tão encantador quanto ele é. O misto de narrativa envolvente, fatos marcantes e detalhes que não passam despercebidos resultou em uma trama impecável. É claro que nunca saberemos os motivos que levaram as Lisbon a se matar... mas, aposto que assim como eu, vocês terão uma série de teorias.

Essa capa é de uma nova edição, e confesso que de todas as lançadas, essa foi a que eu mais gostei. Ela exemplifica bem a pureza da estória, mesmo com uma pitada de ousadia.

Nem preciso indicar, preciso? Ok.. É sempre bom reforçar.
É um livro fantástico, pra ler e reler sempre! Sim, é um tanto trágico. Mas é instigante, envolvente, sucinto e brilhante. E esse livro deu origem ao filme de mesmo nome, adaptado por Sofia Coppola, uma moçoila que arrasa como roteirista e diretora, mas que peca como atriz, em minha opinião. Ainda não vi o filme, mas já ouvi excelentes comentários sobre ele. Quem sabe eu não apareça em breve para falar dele também, hein?


39 comentários:

  1. Oii Fabi!
    Estava ansiosa pra ler a resenha! Fiko jus à obra viu! Me agradou mto!
    Não pensei que iria me prender tanta atenção assim...já qro né!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que a resenha ficou a contento, Aline! Menina, foi difícil sair alguma coisa, viu? Kkkkkkk
      É sempre tão complicado fazer resenha quando eu gosto muito de um livro... nossa nossa!
      Espero que o leia em breve!

      Beijos

      Excluir
  2. Olha quando eu vi o filme,eu lembro que olhava pra minha irmã e ficava "WTF??!!" rsrs tipo,eu fiquei em choque como elas enxergaram na morte,principalmente a mais nova,que começou isso,a única saída. suicídio é um tema que mexe com o coração,com a cabeça das pessoas,mas pelo menos no filme, esse ato foi "humanizado" se eu posso chamar assim.se aparecer a oportunidade,vou ler o livro com certeza. =

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, no livro eu também senti essa humanização do suicídio. Não houve julgamentos e sim entendimento, sabe? Achei uma maneira diferente de abordagem e adorei! Esse assunto mexe mesmo com a gente... e a maneira leve como ele foi abordado é o que deixa o livro ainda mais sensacional!

      Beijos, sumida!

      Excluir
  3. Vi resenha desse mesmo livro em outro blog e tou super animada para ler e desvendar o mistério! Resenha muito boa! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bota mistério nisso, Cathe! Ele nos deixa com os cabelos em pé! Rs.
      Espero que possa lê-lo em breve!

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Fabi.
    Adorei a sua resenha. Depois daquele post "Li até a página 100" desse livro, eu fiquei mega curiosa para saber a sua opinião.
    Eu pensei que as 5 irmãs haviam cometido suicídio ao mesmo tempo e não separadamente.
    Esse fato deixa a história bem mais interessante e um pouco mórbida, já que as irmãs tiveram que lidar com mortes uma das outras =/
    Achei interessante os narradores serem os garotos que admiravam as garotas Lisbon, mas pensei que eles iriam encontrar as razões do porque elas cometeram suicídio.
    Vou tentar ler o livro logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pam, esse livro é uma caixinha de surpresas! O mais legal é que mesmo a gente sabendo que todas vão se matar, a gente fica querendo saber mais e mais! Fiquei ansiosa pra saber como cada uma delas se matou e tals... ai! Vc precisa ler! Rs.

      Beijos!

      Excluir
  5. Que maravilha de resenha! Fiquei muitíssimo curiosa e a história parece ser de tirar o fôlego. Criou muitas teorias?
    Beijos,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como tira o fôlego, Carol! Meu Deus! Fiquei doida! Rs.
      Eu criei duzentas mil teorias e acho que quando (sim, QUANDO, pois sem dúvida lerei esse livro novamente! :D) lê-lo novamente, vou criar mais umas mil! Espero que possa lê-lo em breve também e venha me contar suas teorias pra trocarmos figurinhas, rs!

      Beijos

      Excluir
  6. Esse livro parece ser feito pra reler mesmo, de tão bom. Gostei da trama dele e sempre fico dizendo que uma hora vou ler e nada. Só relembrando agora que não li até hoje. É, estou perdendo um livro e tanto mesmo =/
    Mas uma hora leio. Ele vale bastante a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está perdendo um livro e tanto mesmooooo, Cris! Trate de mudar isso, mocinha!
      Esse livro é um daquelas que quanto mais se lê, mais quer!
      Agiliza a leitura aew! shIAUhsa

      Beijos!

      Excluir
  7. Oi.
    Adorei a resenha e mais motivada fiquei para fazer a leitura. No inicio a premissa não me conquistou, mas depois de ler sua ótima resenha e ver que você apreciou tanto a leitura, vou querer ler, com certeza! Gostaria de ver o filme também. Assista e venha nos contar o que achou! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia! Que bom que curtiu a resenha! Heheh... Tomara que a sua vontade tenha ficado bem grandona, assim, vc o lerá bem rápido! Eu vou assistir o filme em breve e espero gostar tb, viu. Tanto quanto o livro! :D

      Beijos!

      Excluir
  8. Oi Fabi....
    Lá vem você com mais uma resenha incrível!!!! Esse livro parece estar realmente fantástico... Cheio de mistério e que pelo jeito você não consegue largar enquanto não chega ao fim da história. Não sabia que tinha uma adaptação dessa obra, mas fiquei bastante curiosa para assistir... Espero que você também assista e venha contar um pouquinho mais aqui pra gente...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criiiissss! Como foi difícil fazer essa resenha, menina! Ufa!
      Fico feliz por vc ter gostado do resultado!
      E eu pretendo ver o filme em breve tb. Nâo sabia da adaptação, fiquei sabendo quando a minha musa Tatiana Feltrin falou sobre o livro, rs!
      Espero que seja tão bom quanto! ^^

      BEijos!

      Excluir
  9. Como assim não descobrimos o que aconteceu com as irmãs? Não pode Fabi! Não posso ficar com essa dúvida!
    Já coloquei o livro na minha lista de desejados, espero ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thuanne de Deus! Não descobrimos! Hahahha
      Eu achei que ficaria super frustrada por conta disso, mas não fiquei. Me envolvi com a trama a ponto de pensar em mil e um motivos pra elas terem se matado. E acho que essa é realmente a graça do livro, sabe? Loucura, eu sei. Mas ele é incrível! Leia!

      Beijos

      Excluir
  10. Oi Fabi! Adorei a resenha!
    Desde que você postou aquele post contando o que você tinha achado das cem primeiras páginas deste livro, eu já havia ficado muito curiosa pela sua resenha, para saber um pouco mais sobre a história desse livro. E após ler a resenha, fiquei muito curiosa pela leitura. Parece ser um livro muito envolvente e mal posso esperar para lê-lo em breve :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envolvente e enigmático. Duas palavras que definem o livro, Anna!
      É engraçado, pois mesmo sabendo o que vai acontecer - ou seja, sabendo que elas vão se matar - ficamos fissurados por saber mais e mais coisas... e ler mais e mais!
      Eu espero que vc leia em breve e se delicie assim como eu!

      Beijos

      Excluir
  11. Preciso desse livro! aiinn...
    É o seguinte, meu níver é no final desse mês e eu tô aceitando de presente kkkkk
    Mas pedidos a parte, eu já tinha curtido esse livro na primeira vez que vc falou sobre ele aqui e agora percebi que necessito dele hehehe
    Já quero!!! Beijos Fabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Necessita mesmo, Crissie! Esse livro é um trem de doidooo!
      A pegada da narrativa é uma coisa de outro mundo...
      Pede de presente pra geral ai! shIAhsiuHAs

      Beijos

      Excluir
  12. Sua resenha está ótima, fiquei ainda mais curiosa sobre a história, mas como assim não sabemos os reais motivos que levaram as meninas a se suicidarem seguidamente? Eu sou o tipo que fica remoendo coisas, certamente não tiraria isso da cabeça por um longo tempo.
    O modo como a história se constrói é algo que, realmente, eu pensaria que soaria superficial já que conta com pontos de vistas de pessoas que não conheciam tão bem as garotas, mas parece que deu certo nesse livro.
    Não sei quando poderei realizar a leitura, mas quem sabe eu dê uma olhada no filme.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tive a impressão de que seria superficial, Karina. Tive mesmo e quebrei a cara! Rs. Eles aprofundam a ponto de saber o aroma do sabonete que cada uma das Lisbon usam... o shampoo... sabe? Detalhes que nos mostram que eles sabem sim do que estão falando! E a medida que eles vão contando como conseguiram as informações, entendemos que eles realmente têm conhecimento de causa. E não saber os motivos delas me deixou encucada e fiquei pensando nisso por dias... mas acho que isso é o que faz do livro uma obra tão marcante! Espero que o leia em breve!

      Beijos!

      Excluir
  13. Muita vontade de ler esse livro.
    Adoro quando vc indica livros dos quais nunca ouvi falar, é sempre bom conhecer novos livros e novos autores. A estória do livro parece ser realmente ótima e pelo visto o final não deixou a desejar. A capa do livro e bonita e ao mesmo tempo macabra. A narrativa parece ser no mínimo interessante. No geral parece ser uma exelente leitura e eu não vejo a hora de poder ler ele tbm.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro garimpar livros que não são conhecidos. Ler sem ter a menor ideia do que eu vou encontrar... se vou gostar ou não! Isso dá uma sensaçãozinha delicinha! Hahahah
      E eu adorei essa capa. Também achei linda. Delicada e mórbida, né?
      Eu espero que vc leia pra ontem! shIUAhsiuHAs

      Beijos!

      Excluir
  14. Olá Fabi! Nunca quis tanto um spoiler na minha vida, como queria desse livro. Desde a outra postagem sobre este livro eu fiquei imaginando o que aconteceu. Uma pena não ter esclarecido o motivo das mortes, mas não deixou de ser instigante. Pode me dá spoiler, eu deixo. Kkkk. Fiquei torcendo para você terminar logo o livro, para fazer resenha e eu descobrir um pouco mais. O livro, realmente é bem envolvente, senti pela sua empolgação. Kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. shIUAHuishIAhs
      Eu adoro das spoilers, Andlas! Se quiser mesmo, é só pedir que eu dou com o maior prazer! Hahaha
      Ele é realmente instigante e viciante. E como ele é curtinho eu fiquei economizando sabe? Pela primeira vez na vida economizei na leitura! Hahahhaa
      Espero que leia logooo!
      Vamos fofocar sobre ele! Rs

      Beijos

      Excluir
  15. Oi, Fabi!
    Olha, nunca tinha visto nenhum enredo parecido, gostei. A História parece bem misteriosa e envolvente, acho que eu não conseguiria degustar aos poucos não, devoraria de uma vez! Vou anotar a indicação pra ler numa próxima oportunidade <3
    Beijos!
    Borboletas de Papel | InstagramFanpageTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que leia mesmo, Aline! Que livro bacana, gente! Queria que o mundo inteiro lesse, rs.

      Beijos!

      Excluir
  16. Como tinha dito aparenta ser muito bom este livro.
    Contar a história depois de 20 anos e tals,o que mata de curiosidade e sabe o que levou,qual o motivo que as fez se matarem.Vi outras capas deste livro,eu achei que era um livro recente, mas não.Tem até um filme é eu não sabia.Esta capa é a mas bonita mesmo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem antiguinho... e o filme tb!
      Quero assistir em breve pra poder vir falar dele pra vcs.
      E eu espero que vc leia em breve, pois ele é realmente super bacana! Como eu disse ali em cima, quero que o mundo inteiro leia! shIUAHsuiHAs

      Beijos, Simone!

      Excluir
  17. Verdade, nunca se sabe como sera o clima de amanhã, o tempo está maluco mesmo. Para mim é muito difícil fazer resenha de um livro que adorei, mas a resenha ficou ótima! No outro post eu fiquei MUITO curiosa para ler a resenha e o livro, já que esse mistério dos suicídios me chamou a atenção, e eu adoro esses livros em que se precisa prestar atenção para não perder nenhum detalhe e até para não acabar logo, achei a capa linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada detalhe se faz importante mesmo, Fê! Não podemos deixar passar nada... e isso nos deixa ainda mais vidrados no livro. Tomara que vc o leia em breve!

      Beijos

      Excluir
  18. Oi Fabi,
    Tem alguns anos que estou querendo esse livro! Foi amor logo de capa!! Rs. Gostei de saber mais do livro, pois acho que nunca li uma resenha dele. Só me deixou com mais vontade de ler!
    E assim, já que ocê gostou tanto bem que ele poderia vir para o top setembro, hein?! Fica a dica, haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dica anotada sobre o top, Maria! Hahahha
      E esse livro não é dos mais conhecidos... o que é uma pena! Pois ele é fantástico e só acho que o mundo inteiro deveria ler! Hahahah...
      Tomara que vc o leia em breve!

      Beijos!

      Excluir
  19. O tempo na minha cidade é extremamente maluco, venta demais, chove demais, calor tudo, absolutamente tudo intenso demais.
    Falemos sobre a resenha que foi brilhante assim como o livro é, acredito que um dos pontos fortes é a narrativa o relato, a conversa entre os amigos relembrando o passado, tudo fica nítido na memória por se tratar de meninas tão belas, puras e mortas de maneira tão estranha, ou melhor, se matam assim.
    Não tem como parar de ler mesmo, a vontade é descobrir logo cada vez mais detalhes dessa tragédia, entender a vida dessa família tão peculiar e o que o final reserva, depois dessa resenha preciso do livro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Galan, a sua descrição do tempo da sua cidade me fez lembrar de Ouro Preto. Conhece? Lá o clima é exatamente assim. Extremo! E detalhe: é possível perceber as quatro estações do ano no mesmo dia! Hahaha
      Quanto ao livro, vc realmente precisa lê-lo! Você conseguiu captar a essência dele só com a resenha... tenho certeza de que se o lesse de fato, iria gostar muito!

      Beijos!

      Excluir
  20. Oi de novo rsrs
    Como eu disse, quero mt ler esse livro, tá na minha lista há algum tempo mas sinto que ainda não é o momento de ler, sabe?! Adorei a resenha, parabéns!
    Beijos
    Persuasão Literária

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo