Menu em imagem

Image Map

07 julho 2016

{Resenha } ~ O moondo de imagens de Bianca - Paloma Bessey ~

Olás, pipows!
Como estão?

Finalmente as coisas estão melhorando por aqui. Já estou me sentindo beeem melhor! Agora posso bater papo com vocês e as coisas por aqui vão voltar ao normal aos poucos. Nada de abandono mais! Aos pouquinhos vou colocar as coisas em dia... paciência! Heheh...

E por falar em colocar assuntos em dia, hoje eu vim pra falar de um "carinha" que eu li já faz um tempinho. A autora Paloma Bessey gentilmente me presenteou com um exemplar de seu livro e eu não via a hora de vir falar um pouco dele para vocês.


Quando li: Junho, 2016
Título: O moondo de imagens de Bianca
Autor(a):  Paloma Bessey
Páginas: 267
Classificação: 
Onde comprar: Amazon
Sinopse: David é um renomado fotógrafo britânico que mora com sua família em Greenwich, Londres. Herdou do pai - também fotógrafo famoso - não somente o talento para a profissão como as ferramentas para exercê-la: a velha e querida câmera Leica e o quarto escuro no porão da antiga casa onde o velho viveu toda a sua vida. As fotos que David tirou para uma nova exposição têm um mistério: no momento em que são reveladas, no quarto escuro, as pessoas desaparecem do mundo real e ficam presas no mundo (ou moondo) das imagens.
A aventura se desenrola quando Bianca, sua filha de 11 anos, descobre o que aconteceu através de um sonho com a bailarina da foto. Dá-se início a uma viagem até o mundo das imagens. Nessa jornada, a menina Moon enfrentará vários desafios - como driblar o amargurado Negativo -, aprenderá sobre si mesma e sobre a vida, com a agradável surpresa que é descobrir-se com a intenção de "bolinar" o desconhecido com um doce espanto!


Bianca é fruto de uma mistura de culturas, por assim dizer. Filha de mãe brasileira e pai inglês, ela vive em meio as duas culturas. Seu pai é um renomado e famoso fotógrafo que está trabalhando em um projeto familiar: um livro e uma exposição fotográfica em homenagem ao seu pai, que também foi um grande fotógrafo.

David herdou de seu pai não só o dom e a sensibilidade para a fotografia. Herdou uma câmera Leica e um quartinho escuro para revelação das fotografias, que fica no porão da casa onde esse senhor viveu. Mas o que David não sabia é que, além da câmera e do quarto escuro, seu pai também lhe deixou um problema: todas as fotografias que eram reveladas no quartinho escuro transportavam as pessoas que nelas estavam para um novo mundo. E quem descobre tal acontecimento é Bianca, que passa a sonhar com uma bailarina que estava em determinada fotografia.

Ela e Márcia - sua prima do Brasil que está passando as férias em Londres - conseguem entrar no quarto escuro e, de lá, conseguem chegar ao Mundo das Imagens, e ao entrar nele, Bianca irá precisar encarar inúmeras situações do nosso  mundo real. Mesmo sendo uma criança, ela tem a responsabilidade de lidar, superar e aprender com inúmeras situações adversas, pois a volta de todas aquelas pessoas - inclusive a dela e a de sua prima - para o mundo real depende disso.

E uma das adversidades que tem dado tanto trabalho para a nossa amiguinha é Negativo, um senhor ranzinza e custoso que não quer saber de nada relacionado ao futuro! Ele não consegue se adaptar à tecnologia. Para ele, devemos viver ligados ao passado, alimentando nossa nostalgia dia após dia. Seu arqui-inimigo é Digital, o tal, e acho que nem preciso dizer o por que. Será que Bianca vai conseguir passar por esse senhorzinho que não gosta nem um pouco de ser contrariado?

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi sua narrativa. Ela tem um quê de prosa, com rimas leves, sutis, que nos transportam direto para a infância. Ela deixou a magia que envolve a estória ainda mais palpável, mais gostosa. Ela deu leveza aos temas abordados, temas estes que, ao meu ver, são bem complexos - confiança, coragem, determinação, responsabilidade, sonhos, solidão -, tendo em vista que é uma criança que está vivendo tudo isso. Mas Bianca tira cada um desses assuntos de letra!

No início eu tive um pouco de dificuldade de me envolver com o livro, mas talvez o problema seja eu - isso ficou parecendo uma desculpa esfarrapada para terminar um namoro -, pois ultimamente eu tenho tido sérios problemas de concentração. Mas acho que não foi só isso, não. Senti que as coisas demoraram um pouco pra acontecer, e esse fato somado aos meus recentes problemas de concentração resultaram em um início meio arrastado para mim. Mas depois as coisas começam a acontecer e tudo vai se desenrolando e nos instigando, até que nos damos conta de que ele chegou ao fim. Depois que "embala", ele se mostra fluido e muito envolvente.

A diagramação e a capa são de um capricho sem fim. A revisão está impecável, não encontrei um errinho sequer! Vocês não fazem ideia do quanto isso me faz feliz... rs!

Paloma, obrigada por me presentear com uma estória tão sensível e delicada!
E vocês, pipows, não deixem de ler!
Para saber um pouco mais sobre o Moondo de Bianca e também sobre a autora, acesse sua Fan Page no facebook!

39 comentários:

  1. Oi, Fabi!
    Confesso que fiquei intrigada com essa premissa, mas brochei quando você disse que as coisas demoraram a acontecer.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      Então, acho que as coisas demoram a acontecer pq antes é preciso explicar do que se trata a estória... mas a leitura é válida! Muitooo!

      Beijos

      Excluir
  2. Achei interessante mas fiquei com uma dúvida: é um livro infanto-juvenil ou infantil mesmo? Achei que tem muito pano pra manga mas com um certo arrastado no desenrolar da história. Bom responde por favor que posso até ver esse livro para meus sobrinhos, eu não me interessei muito não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que tá mais pra infanto-juvenil, Adriana!
      Seus sobrinhos irão se divertir! :D

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Fabi!
    Adorei a resenha!
    Achei a história diferente, o que já despertou a minha curiosidade. Adoro enredos criativos e que misturam o mundo real com outro mundo, seja ele imaginário ou uma dimensão paralela.
    Vou apostar na leitura desse livro :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna, super vale a aposta!
      É uma fantasia bem diferente da que estamos acostumados a ver por aí, sabe?

      Beijos

      Excluir
  4. Amei a resenha Fabi! E adorei conhecer esse livro, ainda mais por envolver fotografia, que de uns tempos pra cá só fiquei mais encantada com essa arte *-* Achei a premissa bem interessante, além de mágica, e parece ser uma leitura ideal pra sair de uma ressaca ou se aventurar por caminhos mais leve. Já anotei a sugestão, beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma leitura leve e que cai bem depois de uma ressaca, Cris! Dá pra desanuviar a mente... e é uma fantasia bem diferente do convencional!
      E eu to ficando cada dia mais fã de fotografia tb! Hahahha
      Me perco no tempo quando fotografo...

      Beijos

      Excluir
  5. Tenho que admitir que não consigo deixar de achar essa capa bem esquisitinha. Não sei, não consigo gostar dela... Mas pelo que vc falou a estória parece ser interessante e diferente do que costumamos ver 😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem diferente mesmo, né? Mas eu achei bem legal! Uma arte diferente do que a gente está acostumado. Nos tira do zona de conforto! Rs...

      Beijos

      Excluir
  6. Olá.
    Imagino que seja uma leitura interessante, mas deixo passar. Gostei da sua resenha e de suas palavras a respeito do livro, mas não sinto curiosidade em ler. Desejo que a autora tenha sucesso. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Márcia!
      Acho que é um tipo de livro que ou se agrada de cara, ou realmente é melhor deixar passar, rs...

      Beijos

      Excluir
  7. Oi Fabi,
    Que bom que está voltando!
    Gostei do livro e do mundo das imagens. Parece um livro leve e tranquilo.
    Acho que tenho um pouco de falta de concentração também, rs. Não consigo ficar muito tempo lendo, mesmo gostando do livro. E também não consigo ler tão rápido quanto gostaria, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria, ele é realmente leve e tranquilo. Leitura gostosinha, sabe?
      E eu normalmente não sou assim. Sou do tipo que pode cair a casa em cima de mim quando estou lendo que nem escuto. Mas esses dias tem sido bem complicado... espero que essa fase bad passe logo! Rs

      Beijos

      Excluir
  8. Oi Fabíola.
    O moondo de imagens de Bianca tem uma trama diferente, ao transposrtar alguém para um mundo novo das fotografias. Bianca deve ter passado por várias dificuldade e aventuras.
    Não sei se eu iria curtir a leitura. Pareceu faltar algo para eu ficar com vontade de ler esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pam!
      Bianca realmente passa por maus bocados, viu.
      É um livro que é preciso começar a ler pra saber se vai gostar, sabe? Mas super vale a leitura!

      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Fabi!
    Ai, que fofo! Esse livro parece ser uma chance ímpar de o leitor mergulhar de volta a infância e suspirar um pouco com uma narrativa leve, mas repleta de reflexões válidas para todas as idades.
    Também gostei muito do seu cantinho e do seu modo de escrever, moça.
    Um grande abraço!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Erica! A sensação é exatamente essa... uma viagem ao passado! :D
      E obrigada por sua visita! Espero vê-la aqui sempre!

      Beijos

      Excluir
  10. Já passei por esse problema com alguns livros, parece que demora para o livro me prender. Se passei da página 100 e não me envolvi, deixo o livro de lado para outro momento, talvez com a cabeça mais leve, mais tranquila para ler.
    Achei a estória interessante, e fiquei curiosa para saber como seria viver nesse mundo alternativo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso tem acontecido com certa frequência comigo, Leti!
      Acho que minha cabeça anda cheia demais...
      Também fiquei me perguntando como seria viver nesse "moondo" alternativo, rs!

      Beijos

      Excluir
  11. Gostei do livro, porém acho que não faz muito o meu estilo.
    Acho que todos passamos por um momento desses de não conseguir se concentrar em um livro, estou passando por isso, mas no meu caso, eu acho, que é por que as coisas não começaram ainda acontecer (livro de mistério), mas creio eu que vai melhorar.


    Mas enfim, gostei da resenha, como sempre, não é sempre que comento, mas sempre que der eu to aqui lendo os posts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso tem acontecido comigo com frequência, Carlinha!
      Acho que ando com a cabeça cheia demais, rs!

      Beijos

      Excluir
  12. Oii Fabi!
    Adorei a resenha, a sinopse tbm, qro mto ler e conhecer mais a história de David e suas fotos misteriosas, espero não desanimar com essa demora que acontece como vc disse...
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc vai gostar, Aline!
      Se está disposta a encarar a demora, vc vai adorar a trama e seu moondo diferente, rs!

      Beijos

      Excluir
  13. Quando li a sinopse do livro, imaginei que a estória seria surpreendente, e que iriam acontecer várias revira voltas no decorrer da trama, porém a estória e muito mais leve do que eu imaginava, apesar de ter dificuldades em me envolver com livros mais devagar, que não se desenvolve tão rapidamente, confesso que fiquei bastante curiosa para conhecer essa personagem forte, e também esse mundo além das imagens, irei anotar essa dica na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que realmente o leia, Lana! Ele é um livro leve e gostoso de se ler, sabe? Ele nos surpreende muito depois que engrena!

      Beijos

      Excluir
  14. pra ser sincera nao me interessou muito não... mas gostei da resenha hahahaha a bipolar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se gostou de alguma coisa já tá bom uai!
      shAIhsiuahs

      Beijos

      Excluir
  15. Esse livro não me chamou atenção, acho que não é meu tipo de leitura, provavelmente não leria :/
    Mas achei a capa bem fofa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb adorei a capa, Thuanne!
      Achei tão diferente... rs!

      Beijos

      Excluir
  16. Fiquei curiosa com esse livro, mas confesso que só de olhar eu não leria hehehe
    Espero conseguir lê-lo algum dia! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado que a aparência dele super me atrai, Crissie! shAiushuiahs
      Achei a capa interessante e diferente... fiquei interessada assim que o vi! Hahah

      Tb espero que possa lê-lo!

      Beijos

      Excluir
  17. Oi Fabi ,
    Achei bem diferente tanto a premissa do livro como a capa ; não é bem meu estilo de leitura mas mesmo assim sua resenha despertou minha curiosidade.
    Bjs.




    www.emcadapágina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter despertado a sua curiosidade, Dani!
      Eu espero que vc possa le-lo em breve!

      Beijos

      Excluir
  18. Ultimamente venho dando mais espaço para livros nacionais, e essa história parece bem interessante pra mim. É diferente e vendo sua resenha, dá pra saber que traz uma reflexão sobre vários temas, entre eles o nosso modo se vida atual. Gostei.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Bethe! Ele traz uma reflexão super bacana, super válida!
      O PPP tem aberto muitas portas para que eu possa conhecer livros nacionais. Confesso que antes do blog eu tinha certo preconceito em relação a eles, mas tenho tido gratas surpresas desde o blog!

      Beijos

      Excluir
  19. eu não sei... a sensação q eu tenho é q é um livro teen demais para mim.
    mas, enfim acho q só lendo eu descubro.
    é.. mas essa reclamação q as coisas demoram demais, acho q vou esperar um pouco para ler. tô de um jeito q se a história arrasta demais eu largo livro/filme/série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, eu soou daquelas que num larga o osso nem por nada nesse mundo, sabe? Mas ultimamente eu bem que tenho vontade de largar quando vejo que as coisas estão arrastadas demais... Rs!

      Beijos

      Excluir
  20. Oi!
    Gostei da historia, a historia acabou me surpreendendo positivamente e achei esse enrendo diferente, criativa e interessante, mas esse não foi um livro que me deixou doida para ler acho que para mim ela não funcionou !!

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo