Menu em imagem

Image Map

25 abril 2016

{Senta que lá vem história!} ~ A boneca ~

Oie pipow!
Como estão?
Aposto que todo mundo está com aquela carinha amarrotada pós-feriado! Hahaha...

Ontem fiquei atarefada até tarde, inventando modas e mais modas na cozinha (sim, eu cozinho!), por isso não deu tempo de passar por aqui. Mas hoje eu vim trazendo um post beeeem legal!

Segundona, depois de um feriado pra lá de prolongado, onde pensamos em fazer mil coisas e não conseguimos fazer nem a metade... isso pede uma história! O que acham?

A história de hoje é de um autor desconhecido, eu a vi em um blog destinado a histórias de terror - Clube dos medos - que eu acompanho já faz um tempo. Eu sempre adorei bonecas, mas sempre tive muito medo delas por causa das histórias que eu ouvia quando eu era criança. Quem nunca ouviu falar que elas ganham vida a noite, depois que dormimos? Que elas passam o dia planejando nos atacar durante o nosso soninho? Enfim, as histórias são muitas! Como fui a uma exposição de brinquedos antigos nesse feriado e vi por lá algumas bonecas que me deram medo, resolvi trazer esse conto super bacana pra vocês. Espia só!


A boneca
Autor desconhecido

No dia de seu aniversário, Lúcia foi acordada por sua madrasta. Ela trazia um grande pacote entregue pelos correios, endereçado à garotinha.
Animada com o embrulho, Lúcia rapidamente desembrulhou o pacote e ficou horrorizada com o seu conteúdo - a boneca mais repugnante que ela já vira.
A boneca era velha, completamente careca, com a pele rachada e coberta por poeira. Mas o pior de tudo era a boca do brinquedo, que apresentava dentes longos e afiados, como se fossem presas de um animal.
Com um calafrio percorrendo o corpo, Lúcia atirou a boneca no chão, bem lá no canto. No mesmo instante sua madrasta a repreendeu, dizendo que alguém havia tido o trabalho de lhe mandar aquele presente, e que por isso ela deveria se sentir agradecida.
Lúcia tentou protestar, mas sua madrasta foi irredutível, não a ouviu e a forçou a ficar com a boneca, recusando-se a jogá-la fora. Para não contrariar sua madrasta, Lúcia enfiou a boneca em um armário embaixo da escada, bem atrás de uma pilha de sapatos, pois assim, ela não precisaria ficar olhando para aquela coisa tão feia.

Passadas algumas noites, Lúcia estava deitada em sua cama quando ouviu um barulho. Era um som estranho que ela não conseguiu identificar de imediato. O barulho cessou, mas depois continuou por alguns minutos. Agora ela conseguiu perceber que o som era algo parecido com passos... pequenos passos.
Lúcia tremia em sua cama, incapaz de se mover. Ela dormia sempre com a porta aberta para aproveitar a luz que vinha do corredor, pois ela morria de medo do escuro. Logo ela ouviu uma voz sussurrando pra lá do corredor:

- Lúcia, eu estou no quinto degrau.

A criança, completamente apavorada, cobriu sua cabeça com os cobertores e ficou tremendo de medo, porém os sons pararam subitamente.
Naquela noite Lúcia não conseguiu mais dormir, ficou embaixo das cobertas até o dia amanhecer, quando sua madrasta entrou no quarto para acordá-la.

Lúcia contou o ocorrido a sua madrasta, que lhe explicou que tudo isso deveria ter sido um pesadelo. Mesmo assim a garotinha implorou para que sua madrasta jogasse a boneca velha fora, mas ela insistiu que o brinquedo era um presente e que Lúcia deveria guardá-la. A madrasta dela ainda foi até o armário em que a boneca estava e mostrou-a que a boneca estava no mesmo lugar de sempre.

Contrariada, Lúcia passou a dizer a si mesma que tudo não tinha passado de um sonho. Naquela noite, ela tentou ficar acordada o maior tempo possível, mas logo foi vencida pelo sono. Depois de um tempo, ela foi acordada por uma voz abafada que dizia:

- Lúuuuciiiaaa... estou no décimo degrau!

Novamente a menina colocou o cobertor na cabeça e passou a chorar de medo, não dormindo  mais naquela noite. Como da outra vez o som cessou e ela não ouviu mais nada até o amanhecer.

Na escola, Lúcia contou aos seus amiguinhos sobre a boneca, porém todos riram e fizeram piadas sobre ela. Lúcia então calculou que se a boneca subia cinco degraus por noite, naquela noite ela chegaria ao topo da escada e ficaria de frente para o seu quarto.
Apavorada, lúcia decidiu dormir com a porta fechada e a luz acesa. Quando sua madrasta foi lhe dar boa noite, perguntou por que ela fechara a porta. Lúcia então perguntou se poderia dormir com a luz de seu quarto acesa ao invés de deixar a porta aberta, mas a madrasta lhe disse que a luz de seu quarto era muito forte a impediria de dormir.
Desa forma, Lúcia concordou em dormir com a luz apagada e a porta fechada. Para não ficar completamente escuro, ela afastou as cortinas afim de clarear um pouquinho o seu quarto.

Assim que ela começou a cochilar, veio o barulho... e então a voz, mais clara e alta do que nas vezes anteriores lhe disse:

- Lúciiiaaaa... estou no topo da escada!

E na escuridão de seu quarto, ela viu a porta abrir-se lentamente...

Na manhã seguinte o corpo da garotinha foi encontrado debaixo das escadas, próximo ao armário. Eles imaginaram que ela teria ido ao banheiro durante a noite, tropeçado, caído pelas escadas e quebrado o pescoço. Ao lado da criança foi encontrada uma velha boneca. sua madrasta, então, pediu que ela fosse enterrada com o brinquedo...

- Ela amava tanto essa boneca! Agora elas podem ficar juntas para sempre... - disse a madrasta.





Bem, vou ficando por aqui.
Preciso esconder todas as bonecas que eu tenho aqui antes de dormir, rs...


Beijos do Fofão pra vocês!
#ChuckyBrasileiro #Medo


44 comentários:

  1. Mas que madrasta sem vergonha!!!!
    Ainda enterrou o raio da boneca junto com a garota! =O

    Adorei o conto!

    Beijos,
    Sala de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela quer apavorar a menina atá na outra vida! :O

      Beijos, Lu!

      Excluir
  2. Deus que me livre rsrsrsr
    Essa madrasta tbm, te contar... A garota detestou a boneca desde o início e a madrasta ainda diz que ela adorava a boneca. Ela não devia gostar da menina rsrsrsrs
    Fiquei com medinho desse conto, bonecas sempre me deram um certo receio a noite, sempre achei que elas fossem despertar e puxar meu pé de noite. Hahahaha
    Adorei Fabi, quando tiver algo legal de novo pode postar pra gente 😁
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ela que mandou a boneca, Alleh! Queria dar cabo da menina!
      Só acho... rs!

      Beijos

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ahhh... eu morria de medo do fofão quando era criança. Lembro que minha primas diziam que ele tinha uma faca dentro do corpo dele e que de noite ele ia pegar e me matar. Eu, toda bobinha porque era a caçula, fiz minha mãe dar o fofão que minha tia tinha me dado de presente de aniversário kkkk
    Minhas primas eram do mal kkkk
    Muito boa a história!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ganhei um Fofão de presente de aniversário, Crissie e essa treta de ter faca dentro dele já estava rolando. O que eu fiz? Despedacei o bicho todo, pus fogo e joguei na casa do vizinho! shIAhsiuAHs
      Odiava o bicho e ainda me deram de presente de aniversário... povo me odeia, só pode!
      sHIAUhsiuAHs


      Beijos

      Excluir
  5. aiiii q horrorrr.... e esperta a madrastra logo se livrou da boneca e deixou a lucia aterrorizada mesmo pos morte... tadinhaaaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é. Acho que ela queria dar cabo da menina e que ela que mandou a boneca pelo correio! POr isso insistiu tanto pra que ela ficasse com ela...
      Afff

      Beijos

      Excluir
    2. verdade... não tinha pensado nisso hahahhhhaha

      Excluir
  6. Hahahahhaah eu sempre odiei bonecas, quando criança sempre escondia as minhas de medo delas hahaha.

    Beijos
    http://orangelily.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha medo de bonecas plásticas... as de pano eu adorava! Acho que eu não via maldade nelas... shAishiuhas


      Beijos

      Excluir
  7. Olaaa! Adoro filmes de terror e posso dizer que este pequeno conto me agradou bastante. Não queria ter uma madrasta dessas de jeito nenhum! Adorei o post anjo!

    Seguindo seu blog, obrigada pela visita!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond |Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado, Larissa! Eu também adoro terror, rs.
      E obrigada por seguir!

      Beijos

      Excluir
  8. Oi Fabi!
    Adoro histórias de terror e não conhecia esse blog, depois preciso dar uma olhada.
    Mas olha... tenho medo de bonecas hahahaha
    Cuidado com o Fofão hein, ele tinha uma faca dentro dele O_o

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha medo de bonecas plásticas... as de pano eu amava! Ainda amo, aliás.
      E o Fofão... menina! Quando fiquei sabendo dessa história botei fogo no que eu tinha ganhado de aniversário. Acabado de ganhar, aliás! hsIAhsuiHAs

      Beijos

      Excluir
  9. credo em cruz deus me livre de uma coisa destas!!
    Eu em!!
    Hoje li de noite e acho que por causa da dona Fabi vou ter pesadelos!!
    #Medo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que não tenha tido pesadelos, Kakau! shAIhsuIHAs
      Medrosinha do meu coração! <3

      Beijos

      Excluir
  10. Essa foi uma versão da Cinderela reescrita pelo George Martin ou pelo King, só pode! Uma criança coitadinha com uma madrasta crel e no final dá tudo errado... hahaha

    Nunca mais verei Toy Story com os mesmos olhos!

    Beijos, Boa noite... e seguindo o clima, bons pesadelos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei mais ou menos a mesma coisa, Leti! shIUAHsiuHAs
      Madrasta feia por King ou MArtin. OU trabalho em equipe dos dois! Rs.

      Eu acho que também não verei com bons olhos mais... Hahah

      Beijos

      Excluir
  11. Nuuuussss, essa história me deu arrepios, creeedo.... E que madrasta mais filha da mãe. Ela é que merecia uma visita da boneca, kkkkkkkkkkk
    Nem fiquei com medo. Imagina. Vou dormir numa boa hoje, só pra vc saber.... =P

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Espero que tenha dormido bem, Suelen!
      E essa madrasta é do mal!!! :O

      Beijos

      Excluir
  12. Tenho medo de histórias assim kkkkkk
    Quando eu era pequena a minha tia tinha uma boneca daquelas do tamanho de uma criança de 8 anos, eu morria de medo, não gostava nem de olhar pra ela.

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas boencas eram assustadoras mesmo... Acho que era da coleção "Amiguinhas" e de amiguinha num tinha porcaria nenhuma! sIAhsiuHAs

      Beijos

      Excluir
  13. Oi Fabi, sua linda, tudo bem?
    Eu estou totalmente chocada!!! Não pela boneca, mas pela atitude da madrasta. Foi tudo um plano dela, ela queria se livrar da menina. Estou até arrepiada, isso daria um ótimo filme!!! Eu e minhas teorias da conspiração, risos...
    Estou adorando essa coluna.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila! Lindeza! Tudo bem, e vc?
      Eu tb acho que ela queria se livrar da menina. Que ela que mandou a boneca pelos correios e por isso insistiu pra que a meninca ficasse com ela!
      Mulher do mal!
      sHAIushas


      Beijos

      Excluir
  14. Oi, Fabi!
    Diabo de boneca é essa???? Ainda bem que não li de noite... Eu morro de medo dessas bonecas, na moral. Principalmente aquelas de porcelana. Parece que estão te olhando e querem roubar tua alma. M-E-D-O!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Verdade, elas parecem querer roubar nossas almas mesmo!
      Eu tenho uma aqui.. fica pendurada na porta do meu banheiro. Mas eu sempre coloco a toalha em cima dela! A desculpa é de que é pra ela secar... sHIUAhsuiHAs

      Beijos

      Excluir
  15. Meu Deus! Fiquei até com medo das minhas bonecas agora! ah credo!
    Coitada da criança, e que madrasta louca! Eu hein!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madrasta do mal, viu!
      Afff....
      Tudo foi um plano diabólico!
      Rs

      Beijos

      Excluir
  16. Como eu amo histórias assim, eu amei o conto!!! Dá até pra fazer um filme inspirado nisso.
    Deu medo.... hehehe

    ResponderExcluir
  17. Olá, Fabíola.
    Eu já tinha medo de bonecas antes, agora então hehe. Mas tenho medo de boneca de porcelana. Fiquei desconfiada que foi a madrasta que mandou a boneca de presente, sei não.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb desconfio disso, Sil! Acho que foi tudo um plano diabólico da madrasta!
      E eu tb tenho medo de bonecas de porcelana. Como diz a Lu, parece que elas querem roubar nossas almas... :O

      Beijos

      Excluir
  18. Adoro bonecas mas morro de medo dessas histórias de terror que envolve elas, sempre fico pensando merda depois hahaha Se eu recebo uma boneca dessa eu ia até queimar, jogar longe, ouaaaaa! HHAHA “- Ela amava tanto essa boneca! Agora elas podem ficar juntas para sempre...” ARREPIEI HAHAHAHAH muito boa a história, adoro as histórias que você posta!
    Passo mal só de ver o fofão, aaaaaaaain

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofão é filho do Capiroto, Claris! Certezaaaaa!!!!
      Bicho tenebroso, vixi!
      sHAIshas

      Beijos

      Excluir
  19. Sem or!!Menina que história foi essa? Que madrasta FDP. Chocada aqui com o desfecho, imaginava um final feliz, juro.
    Não tenho medo de bonecos rsrs, nem do fofão eu tive. Aliás, eu amava o fofão kkk.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim vc amava o Fofão? Bia de Deus... isso tá errado!
      Kkkkkkkkkkkkkkkkk
      Fofão é filho do coisa ruim! :O

      shAIshaius

      Sua corajosa!

      Beijos

      Excluir
  20. nossa !!!
    o fofão!!! esconder as bonecas para poder dormir
    pelo menos as minhas são bonitinhas (as poucas q sobreviveram)
    mas, eu gostaria q a lucia agora voltasse para pegar a madrasta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que a Lúcia puxe o pé da madrasta dela todas as noites e não a deixe dormir nunca mais!
      HSIuahs

      Beijos

      Excluir
  21. Creeeedo , ainda bem que li durante o dia, senao, bye-bye sono kkkk Sempre tive pavor de boneca, quando eu era pequena minha mae tinha um boneco Fofão (era famoso na epoca) eu morria de medo kkkk ate hoje --'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, como já contei ali em cima, já botei fogo num FOfão! Esse bicho é filho do Capiroto! Só pode!
      shAIUhsuIHAs


      Beijos

      Excluir
  22. Também sou daquelas que não passa perto de uma boneca a noite, e deixo elas bem longe de mim kk (sim, sou um pouco medrosa).
    Gente, e que história é essa? eu já tinha pegado essa boneca e ateado fogo! kk Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já teria dado fim na bichinha tb, viu!
      Deeeeeeus me livre!
      sHIAshiuAHSUIas

      Beijos

      Excluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo