Menu em imagem

Image Map

28 abril 2016

{Resenha} ~As regras da sedução - Madeline Hunter ~

Oie pipow!
Como estão?

Podem puxar as minhas orelhas. Sei que prometi a vídeo resenha para hoje, mas não deu pra fazer de novo. Eu estou muito rouca e, como eu já falo baixo, rouca ia ficar ainda pior pra me ouvir! Mas já estou fazendo um tratamento de choque com mel, própolis e mais trocentas coisas pra que a minha voz fique normal de novo - não que taquara rachada seja normal, mas ok -, por isso, paciência comigo! Amanhã sai! #Oremos

E para compensar a minha falta, eu trouxe uma surpresa.
Senhoras e senhores... eu li um romance!!!! Por livre espontânea vontade! Eeeeeee
E o mais surpreendente: eu li e gostei! Hehehe

Na verdade, engana-se quem pensa que eu nunca li romances. Já li alguns e gostei de grande parte deles. Na verdade, gosto bastante de romances de época, e a resenha de hoje é sobre um livro do gênero. Eu o comprei na black friday do ano passado, se não me engano. Comprei a série pelas capas, confesso (apesar de que a capa do primeiro não é digna do livro. E há um erro imenso nela - a protagonista não é loura - mas isso foi corrigido na segunda edição. Uma nova capa foi feita, e ela sim condiz com a estória). Mas não errei na escolha, viu. Olha só!



Quando li: Abril, 2016.
Título: As regras da sedução - Os Rothwells #1
Autor(a): Madeline Hunter
Editora: Arqueiro
Páginas: 264
Avaliação: 
Onde comprar: Submarino | Amazon | Americanas
Sinopse: Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Wellborne sem aviso e sem ser convidado - um homem poderosos e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento.
Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrrietta Wallingfor e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta veio do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.
Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar.
O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida e honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Alexia Wellborne mora em uma confortável casa em Londres com seus primos Roselyn, Irene e Timothy. Devido à morte de seu pai anos antes, ela precisou contar com a bondade de seus primos. Na época, o chefe da família era Benjamin, o mais velho dos irmãos Longworth, mas este, infelizmente, morrera anos antes dos acontecimentos narrados aqui. Sua morte ainda é sentida por todos, mas principalmente por Alexia, pois eles tiveram uma breve história juntos e ele foi o seu primeiro amor.

Em dado dia, lorde Hayden Rothwell visita a casa dos Longworth sem prévio aviso. Alexia o recebe e imediatamente sente que há algo de errado, e que aquele homem frio e de presença arrogante veio trazendo más notícias. E ela não estava errada. A finalidade de sua visita era informar a Timothy que ele havia descoberto suas falcatruas, e que se ele não vendesse sua parte no banco que ele geria, a fim de ressarcir as pessoas que foram prejudicadas, ele poria sua cabeça à prêmio. Ele seria condenado à forca.

Com medo de que todos descobrissem suas lambanças e, principalmente suas irmãs, Timothy fez com que Hayden desse a sua palavra de honra de que não contaria a ninguém que ele estava roubando investimento do banco secretamente. Ele pôs em xeque a amizade do lorde com seu falecido irmão, Benjamin, cobrando dele a lealdade que ele há muito devia ao irmão. E assim se fez. Hayden deu sua palavra, e para justificar sua falência, Timothy colocou a culpa em Rothwell. Disse que como ele resolvera retirar todo o dinheiro de seu banco, o que não era verdade, ele precisara vender todos os seus bens para cobrir os rombos causados pela possível falência do estabelecimento.

Suas irmãs e Alexia, é claro, acreditaram no irmão infame. E essa semente de ódio que fora plantada daquele momento renderia frutos amargos. A família Longworth se muda para o interior para uma humilde residência que os pertence, mas infelizmente eles não terão condições de continuar sustentando a prima. Diante da situação da moça, Hayden oferece a ela o emprego de preceptora de sua prima Caroline e dama de companhia de sua tia Henrietta. Suas intenções são boas, sim, mas no fundo ele quer algo mais do que ajudar aquela moça de olhos violeta e lábios que lembram uma rosa que acaba de desabrochar. Ele a quer por perto. Ele ainda não sabe, mas aqueles olhos e aqueles lábios irão preencher seus pensamentos para sempre.

Alexia se vê obrigada a aceitar a oferta de Rothwell, mesmo querendo manter distância daquele homem. Além de, a cada dia, alimentar mais e mais o ódio que sente por ele devido ao que ele fez à sua família, há outra coisa que a atormenta: a atração iminente que existe entre eles. Quando eles estão no mesmo ambiente, a sensação é de que sua pele está em chamas. Mesmo seu amor inabalável pelo falecido Ben parece sumir quando aquele homem está por perto.

Mas o inevitável acontece: Alexia se entrega a ele. Diante de tal acontecimento, eles precisam se casar, e todas as providências são tomadas para que isso ocorra o mais rapidamente possível. Na verdade, ela ficou extremamente espamtada ao ser pedida em casamento. Ela tinha certeza de que, ao invés disso, ele iria propor que ela fosse sua amante. E foi mais ou menos assim... mas ele queria ser honrado mesmo tendo-a como sua amante, Seus termos foram simples: a queria em sua cama quando ele quisesse, por quanto tempo quisesse.

E assim, eles se casaram e transaram loucamente. Eu sei, fui rude ao usar essa palavra. Mas não há outra para descrever (até há, mas eu sou moça de família e não vou falar isso! :x). O amor de Alexia por Ben e também o seu ódio por Hayden a impedia de ir mais além - mas não ele. Ele se apaixonou. E mais tarde ela também, é claro. Trata-se de um romance, isso é esperado. E, confesso,é isso que me desanima nos romances: tudo é muito previsível.

Mas este me surpreendeu. Há muitas situações complicadas por trás dessas falcatruas de Timothy, e ela nos proporciona boas surpresas. Outra coisa que me agradou foi as jogadas de sedução que rola entre o casal. Não é aquela coisa sempre melosa, sabem? Não, não é nada ousado demais e nem mesmo vulgar. Mas não tem aquele "mimimi eu te amo" o tempo todo. Outras atrações foram a mente brilhante de Hayden para a matemática e a mente perspicaz de Alexia.

Os protagonistas são inteligentes e francos, o que reduz e muito o mimimi nas escala "Mimizômetro" - e eu adorei isso. Aliás, a ousadia de Alexia também merece destaque. Os demais personagens têm as suas características bem traçadas e todos eles têm seu papel bem trabalhado na trama, de forma que todos sejam indispensáveis - talvez Irene e Caroline nem tanto - para que a trama fique bem amarradinha.

Uma narrativa gostosa - li o livro em menos de 24 horas! -, fluida e envolvente, que nos prende e nos faz buscar avidamente pela solução do mistério que envolve os Longworth. A diagramação é bem bacana, mas a revisão deixou a desejar. Um erro em especial me incomodou - quando Hayden agradece algo, é dito "ObrigadA", ao invés de "ObrigadO". Um erro comum, eu sei, mas eu tô chata hoje, rs.

Enfim, eu recomendo. Não é um romance mela-cuecas, é inteligente e um tanto quanto ousado em se tratando de romances. Afinal, o que se destaca, ao meu ver, não é nem o relacionamento do casal, mas sim todos os segredos que essa história contém.



31 comentários:

  1. Oiii Fabi

    Eu sou muito parecida contigo nesse aspecto. Dificil eu me enganchar com romances, mas quando eu leio, eu gosto...haha. Ando apaixonada por romances históricos e gostei da premissa dele, os elogios na resenha, fica anotadinho para minhas futuras compras

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Se você tem o gosto parecido com o meu, acho que vc vai gostar bastante desse romance! Mesmo sendo sistemática com eles, rs.
      Eu espero que o leia!

      Beijos!

      Excluir
  2. Me amarro em romances, romances de época ainda mais. Adoro quando tem essas tramas envolventes e cheias de segredos que vão sendo revelados com o decorrer do livro. Pelo que vc descreveu esse livro parece ser super envolvente e bem no estilo que vc curte, sem muita melação... Nunca tinha visto esse livro mas a sinopse me interessou. Então lá vai mais um livro para a listinha :D
    Melhoras pra vc Fabi, espero que recupere a voz e possa fazer o vídeo que está nos devendo rsrsrs
    Se cuida, bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Alleh! Sua linda! Hoje o vídeo sai, amém? Améeem! shIAshiUAHs
      Então, ele realmente é bem do tipo que eu gosto, nada meloso. E eu tô adorando ver essa sua lista só crescendo, rs.

      Beijos

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Fabi! Eu gosto dos livros da autora e desta série. Apesar de suas histórias serem mais sérias que as das outras autoras que estão sendo publicadas por aqui, ainda assim me agradam por terem um pano de fundo mais complexo.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      Essa autora foi um feliz encontro! Eu não a conhecia, nem mesmo suas obras. Tô adorando! Doida pra ler o próximo livro!

      Beijos

      Excluir
  5. Eu não conhecia o livro nem a autora, mais fiquei bem curiosa para ler depois que li sua resenha, e é sempre legal ver livros com tematicas diferentes, e que eles tem seus problemas como casal para resolver, isso é vida real não é mesmo ? kkk Adorei o blog e o post e por isso estou seguindo para não perder mais nada daqui ♥ se quiser me retribuir o carinho ficaria imensamente feliz
    lravilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Lorena! Sem dúvida irei retribuí-lo!
      Realmente é bom ver problemas entre o casal, rs. Não fica mentiroso demais, né? shIAhsuihas


      Beijos, e obrigada por sua visita!

      Excluir
  6. Eu não conhecia o livro, mas fiquei com uma pitada de curiosidade para ler. Com toda certeza vou acabar procurando já que você recomendou.

    http://karolmennezes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karol, espero que o leia, pois ele é realmente muito bacana!

      Beijos

      Excluir
  7. Oi Fabi, adoro este estilo de livro, é divertido e muito bom! Faz bem hehe
    Fiquei feliz em saber que curtiu a leitura!!


    Tem um selinho no blog pra vc!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  8. opaaaa gostei... adoro historias com segredinhos hahahahhaahha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segredinho dos grandes, Aline! Ele dá um tchan na história! Hahahha

      Beijos

      Excluir
  9. Gosto de romance de época mas li poucos, recebo muitas indicações legais mas normalmente são de séries e no momento estou evitando começar novas séries, pois tenho muitos livros na estante que quero muito ler. Gostei muito da sua resenha, o livro parece ser realmente bom, mas duvido que eu leria em 24h, sou bem lenta com algumas leituras e as vezes começo a enrolar para não terminar e poder aproveitar mais a história hahaha

    Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tô evitando começar novas séries, mas nunca consigo cumprir isso, Claris! Até pq, hoje em dia, tá tão difícil encontrar livros que não têm uma continuação, né?
      Eu sou daquelas que lê rápido pra saber o final e depois fica se lamentando por ler lido rápido demais! :|
      shIAuhsiuAHSas

      Beijos!

      Excluir
  10. eu não sou muito fã de romances de época, mas se esse o foco são os segredinhos eu acho que vou dá uma chance para ele.
    uma das coisas q eu fico meio sem vontade de começar a ler esses romances é que normalmente são séries e grandes...
    eu tenho amigas q são fãs do estilo, já me indicaram tantos q eu nem sei por onde começar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa série tem quatro livros, Mariana! São todos curtinhos, pouco mais de duzentas páginas. Quem sabe vc não se anima a lê-la? Rs.

      Beijos

      Excluir
  11. Eu gosto de romance, mas romance meloso demais dá nos nervos, confesso que quando vi o livro que seria resenhado, achei que se tratava de um livro chato, hahaha, mas até que a resenha me despertou curiosidade, fiquei com vontade de ler, parece ser uma estória e ter um romance bem interessantes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ket, por isso que eu falei que o tempo aqui mudou, pois li um romance, rs. Eu tb não gosto de romances exatamente por serem melosos demais. Nunca os leio até o fim quando isso acontece. E esse foi diferente, por isso eu gostei tanto!

      Beijos

      Excluir
  12. Nunca li romance de época, mas acho que ia gostar muito.
    Gosto de como a sociedade se comportava no passado, sei lá, tudo parecia mais feliz. E não entenda por passado apenas coisas do século 19 e antes, as décadas mais recentes como 50, 60 e 70 também me atraem. Acho que é por isso que amo tanto Sex and the City, não tanto pela história em si, mas porque o seriado acontece numa década em que nem todo mundo tinha celular e nem carro e coisas desse tipo. Tô melancólica hj, eu sei, mas às vezes acho que seria bom viver no passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso exatamente como vc, Crissie! Aliás, às vezes ainda acho que vivo no passado, rs. Eu sou muito desapegada da tecnologia. Nâo sou daquelas que fica "morrida" quando fica sem telefone ou internet ou algo do tipo. Prezo mais os bate papos realizados num shopping ou mesinha de bar do que pelo whatsapp. Não sou hipócrita em dizer que não gosto de tecnologia, mas sim que eu seria feliz mesmo sem ela, rs.
      E acho que é por isso que livros que se passam em décadas passadas me atraem tanto. As pessoas saíam mais, conversavam mais, liam mais. E isso é lindo! Rs.
      Tb tô melancólica! Ops.
      sHAIUshiUAHs

      Beijos

      Excluir
  13. Nossa que saudades deste tempo em que eu lia um livro em 1 dia!!!!
    Não tenho mais tempo para nada gente!!
    Mais logo logo volto ao meu ritmo normal!!!kkkk
    Esse romance é diferente dos que eu leio, ele tem bastante intrigas, acho que nunca li um assim!!!
    Mais me pareceu muito bom!!!
    Estamos esperando seu video em dona Fabi!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter tempo pra ler um livro em um dia é lindo, Kakau.... mas tô doida pra voltar a ter menos tempo! shIAhsuiAHS
      E o vídeo demorou mais saiu! Lalallala!
      shIUAhsiuAHs

      Beijos

      Excluir
  14. Realmente, todo romance é previsível. Quase todos acabam da mesma forma, sempre repetitivo.

    Mas volta a meia me deparo com algum livro novo do Nicholas Sparks é lá vai a Letícia chorar lendo o livro desse cara. De novo... hahaha

    Acho que não dá pra ficar com a adrenalina a mil e os nervos à flor da pele o tempo todo, é bom desacelerar de vez em quando com narrativas assim. E só por esse livro não ser cheio de mimimi ganhou pontos no meu conceito ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leti, não gosto do Nicholas Sparks! Não consigoooo!
      sHAIhsiAHs
      Realmente desacelerar faz um bem danado! Eu estava precisando... hahahah

      Beijos

      Excluir
  15. Eu amo romances de época (e ontem até teve um encontro de romances de época da Arqueiro aqui na minha cidade, e é claro que eu fui <3), e apesar de eles possuirem certa previsibilidade, acho o que mais me encanta nesse gênero são os detalhes, são eles que fazem toda a diferença! Eu já tinha visto esse livro e ele até está anotadinho na minha lista, eu gosto muito da premissa dele e fiquei muito animada para começar a leitura lendo a a sua resenha, ainda mais por saber que não tem aquelas cenas pra lá de melosas. E os personagentes parecem ser super fortes e envolventes *-*
    Também sou muito chata com esse negócio de revisão, ainda mais sendo um erro ortográfico tão simples :/
    Adorei a resenha e pretendo lê-lo em breve.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, aqui na minha cidade tb teve o encontro e eu não pude ir... fiquei chateada, viu! Mas nos próximo eu irei, sem dúvida!
      Acho que são os detalhes que realmente enriquecem o romance de época mesmo, viu. Tudo tão lindo...

      Beijos!

      Excluir
  16. Gosto desses romances com um toque de suspense que cria uma história envolvente. Porque muitos romaces tem aquele clichê de sempre... Mas to louca pra ler um romance, e gostei do tema desse. Quem sabe nal entra pra minha próxima leitura romântica kkkkk
    Beijos Fabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que ele seja sua próxima leitura romântica, Camila! Hahahha
      Vc vai curtir, acho.

      Beijos

      Excluir
  17. Gosto desses romances com um toque de suspense que cria uma história envolvente. Porque muitos romaces tem aquele clichê de sempre... Mas to louca pra ler um romance, e gostei do tema desse. Quem sabe nal entra pra minha próxima leitura romântica kkkkk
    Beijos Fabi

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo