Menu em imagem

Image Map

05 fevereiro 2016

{Resenha} ~ Amante Sombrio - J. R. Ward ~

Boooooa noite pipow, seus lindos!
Como estão?
Animados para o carnaval?
Como falei aqui outro dia, já separei uns livros pra me fazerem companhia no feriadão!
Preciso descansar a mente, o corpo e a alma! E nada melhor do que os livros para me proporcionar tudo isso, concordam?

E para deixar esse feriadão ainda mais animado, trouxe uma série linda de morrer! A Irmandade da Adaga Negra entrou em minha vida há anos, através de indicações incessantes de uma amiga. Eu já curtia a história mesmo sem ler - afinal, eu tenho não uma queda, mas um tombo, um BARRANCO por vampiros - e por essas e outras, eu já amava mesmo sem ter lido. Quando li, fiquei ainda mais "morrida" de amores.

Sem mais delongas, vamos à resenha do primeiro livro da série - Amante Sombrio.

Quando li: Julho, 2015.
Título: Amante Sombrio - Irmandade da Adaga Negra #1
Autor(a): J. R. Ward
Editora: Companhia dos Livros
Páginas: 447
Avaliação: 
Onde comprar? Americanas | Submarino | Amazon
Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma furiosa guerra entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra.
Wrath é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a Terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Darius, um dos membros mais antigos da Irmandade da Adaga Negra está diante de uma situação complicada. Sua única filha, Beth, está prestes a passar pela transição. É preciso que ele encontre um macho para alimentá-la e ajudá-la a passar por tal mudança, e como ela é uma mestiça, para que ela sobreviva à transformação final que faz um vampiro ser um adulto completo, é preciso de sangue disponível. E não pode ser um sangue qualquer. Não um civil qualquer. Muito sangue, muita força. Darius está prestes a pedir que Wrath alimente sua filha quando ela passar pela transição, fato que não tarda acontecer. Para sobreviver a ela, não basta ser forte, é preciso ter o auxílio de alguém. E Darius quer que Wrath, o último vampiro de sangue puro, alimente sua filha.


Após muita resistência, Wrath - contra sua vontade - acaba aceitando PENSAR no caso de Darius. Ele é um ser frio, que não demonstra qualquer tipo de sentimento a não ser ódio, sede de vingança. Ele quer vingar a morte de seus pais, mortos por seus piores inimigos - os redutores.

Infelizmente, o destino não dá tempo de Wrath pensar muito na proposta de Darius. Apesar de não precisarem de veículos pois podem se teletransportar, Darius apreciava carros luxuosos, e esse foi o seu fim. Uma bomba colocada em seu carro acaba com sua vida num piscar de olhos, e agora Wrath quer vingar não somente a morte de seus pais, mas também a de seu amigo e guerreiro de confiança da Irmandade da Adaga Negra. E, além de arcar com o peso da morte do amigo, ele precisa cumprir aquilo que sequer prometeu. Ele irá cuidar de Beth. Ele a ajudará a passar pela transição. E, mal sabe ele, irá se apaixonar perdidamente por essa mulher.

Beth é uma mulher linda, inteligente e independente. Trabalha como repórter em um jornal xumbrega de Caldwell, e a fim de ter uma matéria de destaque pelo menos uma vez na vida, ela sempre está por dentro de todos os crimes que acontecem na cidade. Seu amigo Jose acaba de avisá-la de que houve uma morte na saída do Zero Sun, uma boate esquisita da cidade. Ao saber que um carro de luxo explodiu na porta da boate e que nada além de cinzas foi encontrado, ela se dirige ao local para o caso de ter mais informações.

Sua volta pra casa é conturbada, ela é atacada no meio da rua, se sente ferida e indefesa, se sente suja, e tudo o que ela mais quer é chegar em casa. Já faz alguns dias que ela não se sente bem. Tem tido sede em excesso. Sente seu corpo desgastado e já não tem forças nem mesmo para as tarefas mais simples. Ela ainda não sabe, mas sua transição está próxima.

Ela nota uma figura gigantesca escondida às sombras de seu quintal. E, de repente, a tal sombra está em sua varanda e a induz a abrir a porta. Wrath fica fascinado por Beth imediatamente. O cheiro daquela fêmea o tira de seu prumo, e ele a possui ali mesmo, sem o menor conforto. Ele sabe que começou errado. Sabe que estava ali para explicar as condições da moça e para levá-la a um local seguro para a sua transição, mas não é isso que acontece. Mas ele tem a chance de começar de novo. Ele apaga a sua mente, mesmo sem saber que Beth irá se recordar de sua presença, de seu cheiro.

Ele conta a ela quem ela é. De onde vem. O que ela é. Obviamente ela não acredita em nada, e a visita de um amigo da polícia, Butch O'Neil, não ajuda em nada. Ele acaba atacando o grandão que está bisbilhotando Beth pela escuridão e o segue até que Wrath possa escapar.

A transição de Beth começa e ela não sabe o que fazer. Ela sente todo seu corpo doendo, dores insuportáveis! Ela tem certeza de que irá morrer. E sabe que a sua única salvação é Wrath. Ironicamente, quem a leva até o vampiro lindo, maravilhoso e perfeito é Butch, e o rei cego - sim, esqueci de mencionar, Wrath é o rei por ser o único vampiro de sangue puro, e é praticamente cego! - não exita em ajudar. Aquele momento de extremo nervosismo faz com Wrath entenda que é apaixonado por aquela fêmea, e promete a si mesmo que irá fazer de tudo para que ela sobreviva, e se (quando) isso acontecer, irá pedir a autorização da Virgem Escriba para que se casem. Afinal, um vampiro só ama uma vez. E quando ele sente que aquela fêmea o pertence, ele a marca como sua para sempre - e isso é lindo!!!

Em Amante Sombrio conhecemos não somente Wrath e Beth, mas também os outros Irmãos (todos os membros são chamados assim) da Irmandade. Cada livro conta a história de um deles, e este inicia em grande estilo! Conhecemos não somente a história de amor entre Wrath e Beth, como também as lutas entre vampiros e redutores, as habilidades de cada um deles, as particularidades de cada Irmão.

Além de muito romance, a série nos trás muita ação. É de tirar o fôlego! É impossível largar o livro quando uma luta começa... ou quando uma cena de amor é narrada. A autora tem uma suavidade impressionante! Ela aborda tais assuntos com tanta naturalidade que você se vê buscando um vampiro pra chamar de seu. E não um vampiro qualquer, não senhor! Você se vê amando e desejando um dos irmãos. Tirem os olhos de Zsadist! Ele é todo meu!!!!!

Envolvente, intrigante, emocionante, lindo de morrer. Eu poderia dar mais detalhes... mas ainda falaremos muito sobre a Irmandade por aqui. A série tem, por enquanto, doze livros publicados (me corrijam se eu estiver errada!) e todos são imensos. Mas garanto que você irá devorá-los!

Além de tudo o que falei aqui, outro ponto forte da trama é a cultura dos vampiros. Ela foi tão bem construída que você se vê acreditando em seus costumes. É fácil imaginar tudo aquilo como sendo realmente verdadeiro. Até mesmo o dialeto deles fará parte do seu vocabulário - eu juro.

Enfim... Leiam!
É o tipo de livro que com certeza agrada a todo tipo de gosto!
Mas, há um ponto negativo: as capas. Não as acho assim tããããão bonitas, sabe. São bonitinhas. E fim.

Beijos doces!
E para aqueles que irão descansar, bom descanso!
E pra quem vai foliar, juízo! Rssrsr




19 comentários:

  1. aiiiii meu deuuus eu tenho que começar essa serie logo pra ler o meu... ahahahhahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, comece logo pra poder ter um Irmão pra chamar de seu!
      shIUAShIUHSAIUsh

      Beijos

      Excluir
    2. Hahahahhahahahhahahahhahahah preciso sair da pindaíba primeiro hahhahahahha

      Excluir
  2. Oi, Fabi!
    Te juro que quero começar a ler essa série, mas a quantidade de livros me assusta e muito. São 87431654631 de livros e a mulher começou a lançar um spin off ainda.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, eu também me assusto com o tamanho... mas os livros fluem tão bem, que quando acabamos um, é impossível não emendar em outro!
      Se joga na Irmandade e depois me conta! Hahha

      Beijos

      Excluir
  3. Desculpe mais o Zsadist ja é meu.
    Você pode ficar com todos os outros irmãos mais ele é meu, o mais lindo, mais fofo e mais perfeito, chorei horrores lendo o livro dele, e o final? muito fofo.
    Amo essa série, estou me preparando mentalmente para ler Os Sombras, por que com minha inteligência inata, fui ver a quantidade de paginas e lir o final, então eu sei o que vai acontecer, mas vou ler com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marlene, acho que vc tem uma queda por saber finais de livros!
      kkkkkkkkkkkkkkkk
      Já tô achando que é por isso que sua amiga filha de chocadeira vive lhe dando spoiler!
      hsIAHsiHIUAHs

      E eu vi o Zsadist primeiroooo!!!! :'(
      Chorei demais lendo o livro dele também... sofri junto! E fiquei com uma ressaca literária daquelas!

      Beijos!

      Excluir
  4. achei muito perfeito!! sem falar em historias que fazem com que os dialetos dos personagens entrem em nosso vocabulário!!! e vc sua danadinha finalmente começou estes livros né!!! falavam tanto deles!!! kkkk bom feriadão,beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kakau!!! A série tem, por enquanto, doze livros! E eu só li quatrooooo!!! hsIAHsuiHUIASHAIS
      Mas como vou continuar nesse ano, preferi vim contar pra vocês o que achei dos anteriores... assim vcs vão poder se apaixonar por ela como eu me apaixonei!
      Quero que o mundoooo inteirinho conheça a Irmandade!!! :D

      Beijocas

      Excluir
  5. Também só ouço críticas positivas dessa série! Parece ser muito boa, e olha que não sou fã de vampiros (só dos irmãos Salvatore u.u)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Alice, aposto que quando ler pelo menos unzinho dos livros da Irmandade, vai passar a amar os sanguessugas charmosos que a Irmandade nos apresenta!
      hsiuAHSuiahSUiAHIUsh

      Beijos

      Excluir
  6. Também só ouço críticas positivas dessa série! Parece ser muito boa, e olha que não sou fã de vampiros (só dos irmãos Salvatore u.u)

    ResponderExcluir
  7. Soube que essa serie Irmandade da Adaga Negra tem bastante livros, no momento não sei se leria mas confesso que gosto bastante de romances sobrenaturais e tenho vontade de ler a serie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, realmente a série é enorme! Mas os livros são tão bons, a narrativa é tão fluida e gostosa que vc acaba lendo sem sentir... e sempre anseia pelo próximo!
      Sinceramente? É até bom ter tantos livros... assim eu posso ter os Irmãos comigo por mais tempo!
      shAIUShuHSUIAs
      #ALokaDaIrmandade

      Beijos

      Excluir
  8. Oi Fabi você sabe né que da serie a Irmandade da Adaga Negra o livro o amante sombrio é o meu favorito amo demais o Whart meu rei e tirem os olhos do Whart que ele é todo meu rsrsrs , e como sempre sua resenha está incrível bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, pode ficar com o Wrath! Eu quero é o Zsadist!
      shAUIShIUSHIUAHs
      E essa série é muito amor, né? MInhaaaa noooossa! O mundo inteiro precisa ler!
      shIAUHSuias
      Beijos

      Excluir
  9. Oi!
    Faz um tempo que vi Irmandade da Adaga Negra e quero muito ler mas por ser uma serie bem grande sempre acabo adiando e lendo a resenha gostei bastante da historia o que me deixou curiosa para começar a ler e já coloquei na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Su, ainda bem que eu consegui te convencer a colocar a Irmandade na sua lista de leitura! Menina!!! O mundo precisa desse livro!
      shAIUHSuIAHSAs
      Espero que se apaixone tanto quanto! ASsim nem vai sentir quantos livros a série tem... vai querer sempre mais pra ter seu Irmão junto a ti!
      Hehehhe

      Beijos

      Excluir
  10. O que eu mais gosto na série são os defeitos de cada um dos personagens masculinos. Cada um tem uma fraqueza que os humaniza. O vício de Phury, a doença de Rhevenge, a maldição de Rhage, a mudez de John. Ainda não li todos os livros, mas eu adoro essa série.

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo