Menu em imagem

Image Map

16 fevereiro 2016

{Resenha} ~ Amante Eterno - J. R. Ward ~

Boa noite, seus lindos!
Como estão?
Eu continuo derretendo nesse calor da peste que está fazendo aqui!
Continuo com o tempo curto... mas continuo cumprindo a promessa de passar mais tempo aqui com vocês, rs!

Hoje eu trouxe uma resenha de mais um livro que arranca suspiros. Amante Eterno é o segundo livro da saga Irmandade da Adaga Negra, e tem como protagonistas Rhage (seu lindo!) e Mary.

Quando li: Julho, 2015.
Título: Amante Eterno - Irmandade da Adaga Negra #2
Autor(a): J. R. Ward
Editora: Universo dos livros
Páginas: 447
Avaliação: 
Onde comprar? Submarino | Americanas | Amazon
Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, NovaYork, desenrola-se uma furiosa guerra entre os vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça. Possuído por uma besta letal, Rhage é o membro mais perigoso da Irmandade da Adaga Negra.
Dentro da Irmandade, Rhage é o vampiro de apetites mais vorazes. É o melhor lutador, o mais rápido a reagir, baseado em seus instintos, e o amante mas voraz, porque em seu interior arde uma feroz maldição lançada pela Virgem Escriba. Possuído por esse lado sombrio, Rhage teme constantemente que o dragão dentro de si seja liberado, convertendo-o num perigo para todos à sua volta.
Mary Luce, uma sobrevivente de muitas adversidades, entra de maneira involuntária no universo dos vampiros, contando apenas com a proteção de Rhage. Concentrada em combater sua própria maldição,  potencialmente mortal, Mary não está buscando o amor e perdeu sua fé em milagres tempos atrás. Mas quando a intensa atração animal de Rhage se transforma em algo mais emocional, ele sabe que Mary precisa ser sua e de mais ninguém. E enquanto os inimigos fecham o cerco, Mary luta desesperadamente para alcançar a vida eterna com aquele que ama...
LEIA SEM MEDO! RESENHA LIVRE DE SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR! 

E a guerra continua.
Os redutores agora estão mais organizados, estão conseguindo encurralar mais e mais vampiros civis... e isso tem irritado e muito os Irmãos. Todos são extremamente fortes e bem treinados, são guerreiros determinados não só pela sua natureza, mas pelo sangue, mas ainda assim, é preciso uma arma poderosa. E tal arma é Rhage, o irmão de longos cabelos louros.

Rhage, há muitos e muitos anos atrás foi amaldiçoado pela Virgem Escriba por ter desagradado a deusa enormemente - ele a deixou tiririca da vida! - e por isso ele foi condenado a viver com uma besta dentro de si por um determinado - e longooooo - tempo. Quando a besta toma o controle, todos saem de perto! Ela faz um estrago daqueles, deixando Rhage em frangalhos quando o mesmo retoma o controle. Ele luta contra essa fera há séculos e nunca conseguiu dominá-la. Nem o fato de ser o irmão mais rápido, ágil, que mais "manja dos paranauê" das lutas, o ajuda a ter o controle do dragão que o habita. Sua sede é quase insaciável, sua fúria é assustadora, e, por isso e por medo de machucar um de seus Irmãos, Hollywood tenta bravamente lutar contra os seus demônios.

Não muito longe dali há uma outra pessoa também extremamente forte que luta conta uma besta que vive dentro de si. Mary é uma mulher forte e independente, que mesmo com todos os seus problemas, tenta ajudar os outros através de uma Linha Direta. Ela atende pessoas pelo telefone e as aconselha todas as noites. E o seu contato mais fiel é John, um carinha mudo que liga para Mary todas as noites e a observa de sua casa, que fica do outro lado da rua do prédio onde Mary trabalha. Do nada, John decide acompanhar Mary até sua casa, e é na calada da noite que eles acabam conversando mais e mais - John escuta perfeitamente e faz uso da linguagem de sinais, e Mary o entende. Sentados a beira da piscina, com os pés na água fria, eles falam sobre a vida que o garoto magricela teve em um convento, e Mary acaba se esquecendo um pouco de seus problemas. Bella, sua vizinha, se junta a eles no bate-papo iluminado pela lua, quando reconhece a pulseira que Jonh usa. Ela tem alguns símbolos gravados, e ela rapidamente os reconhece: pertencem ao antigo idioma de seu povo. E isso quer dizer que John é um vampiro, assim como ela. Mas há uma diferença - ele é um guerreiro. Ele é um dos membros da Irmandade da Adaga Negra, um Irmão que ainda não passou pela transição.

Bella fica eufórica e rapidamente entra em contato com a mansão onde os Irmãos vivem e relata sua descoberta. Eles são convidados a irem até a mansão, mas Bella menciona o fato de Jonh ser surdo e se comunicar somente por sinais, e ao mesmo tempo dá a solução para o problema. Levar sua amiga humana, Mary, que conhece a linguagem dos sinais, para servir de intérprete nessa conversa tão importante. Eles concordam que a mente dela deverá ser apagada depois, mas nem tudo foi esquecido. Rhage sente o cheiro daquela fêmea humana há metros de distância e se aproxima da moça como um predador. Ele mal a viu, mas já a deseja. Seu cheiro e sua voz o deixam inebriado, e Mary guarda lembranças de um belo homem alto e louro que a tirou do prumo em certo dia... mas suas lembranças param por aí. Ao contrário de Rhage, que quer essa mulher independente de suas condições. Ele sabe que ela é humana. Sabe que ela está doente... mas ele não irá desistir.

E realmente não desiste. Ele cerca Mary o quanto pode, e ela acaba se rendendo aos seus encantos, mesmo não dando brecha ao amor. Nossa humana favorita está lutando contra um câncer terminal, sabe que vai morrer, e quer evitar que esse homem maravilhoso sofra por sua perda - até que ela descobre que ele não é um homem, mas sim um vampiro que está disposto a dar a vida por ela.

Rhage luta com todas as forças para encontrar uma forma de curar Mary, e seu amor é tão profundo que até mesmo a besta pode sentir. E o inexplicável acontece: a besta também se apaixona por Mary Luce, e ela a quer pra si. Rhage terá ainda mais problemas para dominar a fera. Terá mais problemas com a Virgem Escriba. Mary lutará bravamente contra seus demônios, contra o amor, mas acabará se apaixonando por Rhage por completo, com besta e tudo!

E agora, José?
O que vai ser desse casal cheio de problemas?

O que vai ser? Vai ser lindo! Rs.
Uma história de amor cálida, sensual, sofrida. Dói na gente, eu juro! É impossível ficar indiferente a todos os dramas pelos quais o casal passa. Dentre todos os problemas de ambos, ainda há tanta coisa acontecendo simultaneamente, que fica impossível largar o livro! Ele é ainda mais eletrizante do que Amante Sombrio e mais apaixonante!
A narrativa da autora nos deixa sedentos por mais e mais! E um detalhe que acabei não mencionando no livro anterior é que os títulos dos livros super fazem sentido com a história.

Ah! Apesar de cada um deles falar sobre a história de um Irmão diferente, é preciso que eles sejam lidos em ordem, viu?

E então, já escolheu um Irmão pra chamar de seu?
Espero que não seja o Zsadist. Esse já é meu, sorry,


32 comentários:

  1. Oi, Fabi!
    Gente, cada resenha tenho vontade de ler, mas a quantidade de livros...
    Mirmã, eu também to derretendo aqui. Neeem..
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Lu, o tamanho da série e dos livros assusta, mas quando vc começa a ler o livro, vc o come com farinha! Juro!
      Dê uma chance pra ver do que estou falando....
      sHIAUShuahsuiAHs
      E aqui deu uma chuvinha pra amenizar o calor... mas ainda tá bravoooo! Affff

      Obrigada por me indicar para a tag! Vou lá ver! #AmoTags!

      Beijos!

      Excluir
  2. Nossa, fiquei super empolgada pra ler os dois livros, mas tempo cadê você?!
    hehehe
    A resenha tá muito toop, me deixou com muita vontade de ler, ao contrário da sinopse que fez foi me desanimar =/
    Parabéns pelo blog, as resenhas tão muito boas!
    Aguardando mais indicações hehee
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crissie, sua linda, muito obrigada! Rs.
      As sinopses realmente não são nada atrativas, até pq o início dela é sempre o mesmo. Também não acho as capas tão atrativas assim, mas o recheio, minha amiga... vou te falar, viu! Compensa capa, sinopse, compensa o mundo! kkkkkkkkkkkkkkk

      Obrigada pelo seu carinho e pelos elogios, rs!

      Beijocas

      Excluir
  3. Essa série é mesmo viciante, envolvente e eletrizante <33. E melhora a cada livro! Pode parecer lugar comum por se tratar de vampiros, mas J.R.Ward imprimiu um Q de particularidade que nos deixa com gostinho de quero mais nas tramas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caio, falou pouco mas falou bonito, meu amigo!
      É exatamente isso!
      Quanto mais eu leio, mais eu quero ler! E a cada livro eu me apaixono mais... um melhor do que o outro!
      Já estou com o próximo no alvo, rs!

      beijos!

      Excluir
  4. Noooossa, caprichou na resenha, baby!! Caprichou nos detalhes, já fiz até uma novela mentalmente... Kkkk..
    N sou chegada em livros de vampiros, mas apesar disso gostei da resenha... Rs.. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, essa série merece todo o meu capricho e dedicação!
      sAIUshiUHSAs
      Eu sou super fã de vampiros, mas, confesso que mesmo que não fosse, iria me apaixonar! Pois os demais elementos são tão envolventes que é impossível não amar!
      Leia!

      Rs

      Beijos

      Excluir
    2. Aiiii. E essa minha lista de livros vai aumentando!! Kkkkkkk

      Excluir
  5. como vc consegue fazer uma resenha de um livro lido a tanto tempo.. hahahhahahahha minha memória é um caco..... e eu quer começar essa serie logo... o meu ta lá... me aguardandooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eu tenho memória de elefante! hsIUAHSuiahSIUHAs
      me lembro quase que perfeitamente dos livros que li nos últimos anos... Rs!

      To doida pra vc começar a ler logo!
      haha

      Beijos!

      Excluir
    2. nossaaa é uma otima emoria mesmo.. a minha é completamente estragadaaaaaaa.... mal lembro do livro anterior qnd to lendo um.... é zuada mesmo.... ai amiga... vai demora um pouquinho... depois q tive aquele remedinho pra comprar hahahaha... mas logo menos começo

      Excluir
    3. Esses remédios vieram em má hora em todos os sentidos, hein!
      Mas já já vc sara e vai poder comprar toda a série pra poder ler, rs!

      Beijos

      Excluir
  6. Que resenha mais deliciosa de ler. Realmente me deu vontade de ler esse livro. Incrível como o universo dos vampiros é explorado, parece que essa Fonte não seca nunca.

    Perfeito seu texto


    Beijos

    Beto

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Beto!
      Realmente, o universo "vampírico" é uma fonte inesgotável de elementos! E quando encontramos uma autora que sabe extrair tudo o de melhor dele, fica delicioso de se ler!

      Obrigada pelo carinho!

      BEijos

      Excluir
  7. Que resenha mais deliciosa de ler. Realmente me deu vontade de ler esse livro. Incrível como o universo dos vampiros é explorado, parece que essa Fonte não seca nunca.

    Perfeito seu texto


    Beijos

    Beto

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Como você consegue guardar tantas informações de um livro lido a tanto tempo? Não dá nem ´para imaginar, nunca ouvi falar deste livro, mas pelo que disse na resenha me chamou atenção, confesso que tenho um pequeno preconceito com livros sobre vampiros, mas irei dar uma chance, assim que estiver dindim em mãos para comprar a série. :) beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk
      Carlinha, como eu disse a Aline, acho que eu tenho memória de elefante! shIUAhsiuhas

      Então, sou suspeita pra falar pq amo vampiros, mas como disse ali em cima, a estória tem tantos elementos diferentes que ele se torna viciante e, com certeza, toda aquele mais do mesmo sobre vampiros fica em segundo plano. Vemos o quão linda é a mente da autora que conseguiu extrair tanta coisa linda de um assunto que está bem batido.

      LEiaaaa

      Beijos!

      Excluir
  9. Já ouvi sobre essa série, e o primeiro livro já está na minha lista de livros para ler ainda esse ano.
    Fiquei curiosa com a sinopse, vou procurar esse livro também!
    Amei a resenha *-*
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mich, espero que leia o primeiro livro o mais rápido possível! Assim vc vai se apaixonar e vai ler os próximos rapidinho! Rsrsrsr


      Beijos

      Excluir
  10. Oiieee

    Já ouvi falar muitooooo dessa série, o problema é que se trata de mais uma série e eu já tenho tantas séries inacabadas que realmente estou evitando começar outra pq no ritmo que a coisa vai eu vou levar a vida toda pra terminar todas as séries que vou começando...haha., mas se um dia a lista diminuir gostaria de começar essa série, pois só ouço elogios como a sua resenha mais uma vez vem pra confirmar que a série é boa mesmo

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH, séries é um vício na vida, ALice!
      Rs
      Eu não consigo deixar de ler séries mesmo tendo um monte que estão inacabadas....
      Espero que realmente tenha a oportunidade de ler a Irmandade! Vc vai se apaixonar!

      Beijos

      Excluir
  11. Eu tambem sumi um pouquinho aqui por eu estava acordando 2 horas da tarde nas ferias , porem as aulas voltaram e eu tenho de acordar as 5:10!!!! dai já viu né, o sono ataca e passo a tarde dormindoooo!
    e devo confessar que não aguento mais livros sobre vampiros!! já estao me tirando do sério!! k mais nada contra dua resenha ela esta maravilhosa!! é só o tema que não to mais aguentando!! kkkkk beijos sua linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kakau, sua dorminhoca!
      hsIAUHsuiHSAIUshas
      Ainda bem que as aulas voltaram, do contrário vc ia virar um urso e hibernar, mulher!
      shIAUHsuiHAIUsh

      Então, o assunto "vampiros" está meio batido, mas a série fala de tantas outras coisas lindas que o assunto quase que fica em segundo plano! Rs


      BEijos

      Excluir
  12. Bom saber que é preciso ler na ordem, porque senão eu já ia partir para esse! Gostei da resenha e de saber que o livro não é só romance sobrenatural mas também é bem dramático, muito curiosa para ler essa série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, essa série envolve tanta coisa legal que sem dúvida agrada a todo tipo de público!
      Espero que goste!

      BEijos

      Excluir
  13. Eu tinha essa série na minha lista, até tinha o e-book do primeiro livro, mas acabei não o lendo. Acho que a minha falta de desânimo se deu principalmente pela quantidade de livros que essa série tem, mas pretendo lê-los um dia, mas não agora.
    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, é como falei pro pessoal aqui. A série é realmente imensa, mas é impossível ficar entediado, pelo contrário!
      Espero que vc leia, realmente!
      O mundo precisa ler essa série!
      shAIUShAHSIUas

      `Beijos

      Excluir
  14. Olá....

    Adorei a resenha, mas leitura com vampiros infelizmente não me atraem nem um pouquinho... Quem sabe um dia eu leia essa série...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, uma pena!
      Eu sou suspeita, pois adoro um sanguessuga!
      shAIUHSuihashIAHSIAs

      Beijos

      Excluir
  15. Oi!
    A Irmandade da Adaga Negra é uma serie que faz um bom tempo que quero ler, mas por ser uma serie bem grande sempre acabo adiando e lendo a resenha desse livro gostei muito da historia mas principalmente dessa casal que me deixou bem curiosa para descobrir mais e com certeza irei ler !!

    ResponderExcluir

© PAUSA PARA PITACOS - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: RENATA MASSA | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo